21/05/2019 às 09h33min - Atualizada em 21/05/2019 às 09h33min

Vereador cobra cumprimento da lei de informação do itinerário no transporte coletivo

Lei aprovada pela Câmara estipulou um prazo de 90 dias para que a medida fosse colocada em prática no transporte coletivo de Leopoldina.

Modelo sugerido pelo Vereador Didi da Elétrica
Durante recente sessão ordinária da Câmara Municipal de Leopoldina, o vereador Valdilúcio Malaquias (Didi da Elétrica) apresentou requerimento solicitando informações ao Poder Executivo sobre o cumprimento da Lei nº 4.447, de 22 de novembro de 2018. A referida lei dispõe sobre a obrigatoriedade da informação de itinerário no transporte coletivo urbano do Município de Leopoldina, cujo projeto de origem é de autoria do parlamentar.

Durante a discussão da matéria, o vereador relatou que a lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios Mineiros em 18 de dezembro de 2018 e determinou que a empresa concessionária que executa o serviço de transporte coletivo urbano no Município de Leopoldina tinha um prazo de 90 dias para cumprir as disposições da referida lei.

Valdilúcio Malaquias salientou que esse prazo expirou-se em março desse ano e ainda não constatou que a empresa tenha tomado providências neste sentido. Ele explicou que não permitirá que essa lei caia no esquecimento e não seja colocada efetivamente em prática, pois entende que o usuário do transporte coletivo tem o direito de receber informações adequadas sobre os trajetos dos ônibus.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »