26/05/2019 às 10h22min - Atualizada em 26/05/2019 às 10h22min

Leopoldina sediará encontro de pesquisadores em arte seqüencial entre 29 de maio e 1º de junho

Intitulado ‘Os quadrinhos e seus fazeres”, evento será desenvolvido na Casa de Leitura Lya Maria Muller Botelho e no Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira e Casa de Leitura Lya Maria Muller Botelho (Fotos: Kalon Morais)
O Entre ASPAS é um encontro promovido pela Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS) com o objetivo de reunir seus associados e associadas, a cada dois anos, na cidade de Leopoldina, sede física da ASPAS. Este ano o encontro acontecerá entre 29 de maio e 1º de junho.
 
Intitulado ‘Os quadrinhos e seus fazeres”, evento será desenvolvido na Casa de Leitura Lya Maria Muller Botelho e no Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira. A organização é de Natania Aparecida Silva Nogueira, Valéria Aparecida Bari, Caetano Borges e Maiara Alvim.
 
Além de ser um evento científico, o Entre ASPAS também é um encontro administrativo, isto é, parte da programação será reservada para questões internas da ASPAS, como a assembleia geral da associação. Aberta a todos os associados e todas as associadas, nela serão apresentadas propostas de ação efetiva e será homologada a nova diretoria cujo mandato terá a duração de dois anos. Parte da sua programação será voltada a mesas e debates acerca dos rumos futuros da ASPAS e da pesquisa em Arte Sequencial no Brasil.
 
Para o ano de 2019, a ASPAS irá promover um encontro voltado, também para a formação de seus associados e associadas. Serão oferecidos minicurso e oficinas voltados as práticas acadêmicas relacionadas à produção bibliográfica. Com “Quadrinhos e seus fazeres” a ASPAS pretende oportunizar aos seus associados meios para melhor desempenharem seu trabalho no campo da pesquisa, em particular da pesquisa com quadrinhos.
 
A novidade este ano será a presença de uma programação especial, elaborada em parceria com a rede a rede pública de ensino de Leopoldina, voltada a estudantes e docentes, que irá oferecer oficinas e palestras, nas escolas e em espaços públicos. A ASPAS acredita na educação como forma de transformação da sociedade e nos quadrinhos como um instrumento de ensino que poder auxiliar não apenas na aprendizagem formal mas, também, na formação de membros pensantes e ativos da sociedade.
 
PROGRAMAÇÃO GERAL
29 de maio - quarta-feira
10:00 – 17:00
Credenciamento e acolhimento dos participantes.
Local: Casa de Leitura Lya Muller Botelho
14:00 – 16:00
Oficina de fanzine (fanatic + magazine) - Revista Artesanal Autoral.
Ministrante: Equipe do projeto I Fanzine e ANZINE.
Local: Casa de Leitura Lya Muller Botelho
16:00 - Abertura da exposição do IFanzine e lançamento do ANZINE.
Local: Casa de Leitura Lya Muller Botelho
18:30 – 19:00
Cerimonial de abertura
Local: Centro Cultural Mauro Almeida
19:00 – 20:00
Conferência com Valéria Bari - "A pesquisa acadêmica sobre Histórias em Quadrinhos no Brasil e as publicações digitais de disseminação científica".
Local: Centro Cultural Mauro Almeida
30 de maio - quinta-feira
09:00 – 12:00
Oficina de introdução à encadernação artesanal - Amaury Fernandes (UFRJ)
Local: Casa de Leitura Lya Muller Botelho
12:00 – 14:00
Almoço
14:00 – 17:00
Sessões de Comunicação
Local: Centro Cultural Mauro Almeida
17:00 – 17:30
Coffe break
17:30 – 18:30
Conferência com Sonia B. Luyten - "Um passo na frente dos alunos: dando aula com mangá e animê."
18:30 – Assembleia da ASPAS
Local: Centro Cultural Mauro Almeida
20:00
Lançamento de livros
Local: Centro Cultural Mauro Almeida
31 de maio - sexta-feira
09:00 – 12:00
Oficina de introdução à encadernação artesanal - Amaury Fernandes (UFRJ) 5
 
Fonte: Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial (ASPAS)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »