12/06/2019 às 10h13min - Atualizada em 12/06/2019 às 10h13min

Grandes nomes regionais e nacionais prometem noites memoráveis de muita moda de viola e poesia

Músicos e compositores que desejam participar do Festival têm até o próximo dia 20 de junho para efetuar as inscrições, que são gratuitas e devem ser feitas através do site do Festival: www.festivaldepiacatuba.com.br.

Fernanda Espíndola (*)
Thayllis Carneiro e Carmim, a Banda
Reverenciado por incentivar e valorizar a música de raiz, o Festival de Viola de Piacatuba e Gastronomia ainda mantém, ao longo de seus 15 anos de existência, a tradição de presentear o público com um diversificado cardápio musical. Para a 16ª edição do Festival, que acontece entre os dias 24 e 28 de julho, a produtora Maria Lúcia Braga mais uma vez escalou uma legião de grandes artistas nacionais e regionais, que prometem noites memoráveis de muita moda de viola e poesia.

Em 2019, artistas de renome nacional como Geraldo Azevedo, Miltinho Edilberto, João Ormond, Chico Lobo, Dudu Viana e Jefferson Gonçalves dividirão o palco com  dois jovens e talentosos artistas leopoldinenses: Thaylis Carneiro e Rodrigo D’Sá. Escolhida para abrir o Festival e o show de Geraldo Azevedo, um dos maiores nomes das MPB, a cantora e compositora Thaylis Carneiro fará sua estreia no Festival ao lado de Carmim, a banda. Eles se apresentam na quarta-feira, dia 24, e dividem o palco com o músico, arranjador e produtor musical Dudu Viana, que participou de vários trabalhos com expressivos artistas brasileiros, dentre outros, Luiz Melodia e Oswaldo Montenegro.

Vencedora do 48º Festival Nacional da Canção (Fenac) em 2018, Thaylis Carneiro  conhece bem a energia do público de Piacatuba e não esconde a alegria pela oportunidade de cantar ao lado de grandes nomes da MPB. “Nossa expectativa é a melhor possível. Estamos estudando e trabalhando muito para a montagem desse show. Além do presente que será abrir o show do Geraldo Azevedo, receber Dudu Viana para somar nesse show com Carmim será inédito e muito especial. Dudu é de um talento e uma generosidade que faz diferença por onde ele toca”, diz Thaylis, ressaltando a importância do Festival de Piacatuba para a música brasileira.
 
 - Eu já participei como concorrente do Concurso de Viola com o meu grupo da época, o Dedos de Moça. Este ano, tive a grata surpresa de receber o convite da Maria Lúcia para fazer o show no palco principal e ainda me deu de presente abrir o Festival e o show de Geraldo Azevedo- vibra a cantora, completando: “O Festival é um evento de uma importância enorme para música brasileira. A troca de experiência e a vivência são enriquecedoras para os músicos e para o público, inclusive. Sendo um Festival de Viola então, é mais maravilhoso ainda e necessário. Além disso, o Festival criou um público ouvinte e apreciador de boa música. Por isso, vou levar para esse palco consagrado um show feito especialmente para esse momento e quero dar um presente ao público que acompanha a minha carreira. Estamos preparando um show chamado Do Trem Azul ao Táxi Lunar. É um convite ao público para embarcar no Trem Azul do Clube da Esquina, nas nossas composições, desembarcar no nordeste e entregar o Táxi Lunar nas mãos do grande Geraldo Azevedo. Será um show vibrante, intenso e emocionante.”
 
Escalado para se apresentar no último dia do Festival, o cantor e compositor Rodrigo D’ Sá, da Banda Rodrigo D’ Sá & Os Serafins, também comemora a oportunidade de retornar a Piacatuba, desta vez dividindo a noite com dois grandes nomes da MPB: o gaitista Jefferson Gonçalves e o cantor e compositor Miltinho Edilberto, reconhecido internacionalmente como um dos violeiros mais completos do país. “Apesar de o grupo estar unido há quatro anos, todos temos em média 10 anos de experiência na música e na arte em geral, porém em outros segmentos. Mas isso não deixa de somar no que fazemos hoje neste projeto. É cumulativo. Quanto ao Festival, considero a experiência maravilhosa. O evento tem significância fundamental para a exaltação da cultura brasileira e sobrevive a tempos sombrios”, explica o artista.
 
Rodrigo D’Sá & Os Serafins se apresenta no sábado, dia 27, com a participação do carioca Jefferson Gonçalves, uma das principais referências dentro da gaita no Brasil e no mundo. E é justamente essa mistura de sonoridades que promete atrair um grande público a Piacatuba. “Este ano, o show será direcionado a compartilharmos o palco com Jefferson Gonçalves, que é um dos grandes gaitistas do Brasil e do mundo. Seu trabalho percorre o blues e a música nordestina de forma elegante, e sempre vi uma conexão com nosso som por este fato. Somos uma banda de baião sem sanfona, e a gaita de sopro tomará o lugar da gaita de fole. O resultado será uma sonoridade diferente, um show que envolverá canções, temas instrumentais, cordéis e declamações poéticas. E não haveria palco melhor do que Piacatuba para dar vida ao início dessa parceria.”

 
Inscrições terminam dia 20 de junho
 
Músicos e compositores que desejam participar da 16ª edição do Festival de Viola de Piacatuba têm até o próximo dia 20 de junho para efetuar as inscrições, que são gratuitas e devem ser feitas através do site do Festival: www.festivaldepiacatuba.com.br. O concurso vai distribuir R$ 29 mil em premiações aos vencedores das etapas nacional e regional.
 
Produzido por Maria Lúcia Braga, o Festival de Viola de Piacatuba e Gastronomia é patrocinado pela Energisa e pelo Governo de Minas, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e tem apoios da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho, Unimed, Sol e Neve, Academia Top Fit, Molé Fotografia e Prefeitura Municipal de Leopoldina.
 
Programação

Dia 24- quarta-feira
Thayllis Carneiro e Carmim, a Banda
Dudu Viana
Geraldo Azevedo
 
Dia 25- quinta-feira
Ronaldo Tobias
Chico Lobo
 
Dia 26- sexta-feira
Etapa Regional e Nacional de Viola
João Ormond
 
Dia 27- sábado
Rodrigo D’Sá e os Serafins
Jefferson Gonçalves
Miltinho Edilberto
 
(*) Mais informações:
Assessoria de Imprensa do Festival
Fernanda Espíndola

[email protected]
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »