13/06/2019 às 11h17min - Atualizada em 13/06/2019 às 11h17min

Gerente da Sol & Neve e alunos do Cefet apresentam à Câmara projeto sustentável de ponto de ônibus

O projeto prevê fonte de energia solar, entrada de USB, ventilação, recursos da internet e espaço para publicidade e poderá financiado pela iniciativa privada

O encontro aconteceu na sede da Câmara, na tarde de segunda-feira, 10 de junho de 2019
Um ponto de ônibus sustentável com recursos tecnológicos. Esse foi o projeto apresentado aos vereadores pelo Gerente Industrial da Sol & Neve, Orlando Macedo Neves, e pelos estudantes do curso de Engenharia de Controle e Automação do Cefet, Pedro Conte Sobrinho e Jeferson da Costa Brito Silva.

O encontro aconteceu na sede da Câmara, na tarde de segunda-feira, 10 de junho de 2019, com as presenças dos vereadores, Antônio Carlos Martins Pimentel, Elvécio de Souza Barbosa, José Augusto Cabral, José Ferraz Rodrigues e Jurandy Fófano Vieira, Kélvia Raquel, Rogério Campos Machado Sebastião Geraldo Valentim e o Presidente Waldair Barbosa Costa.

Segundo Orlando Macedo, o projeto foi solicitado pelo vereador Valdilúcio Malaquias, sendo um ponto de ônibus com iluminação, entrada de USB, ventilação e recursos da internet, utilizando apenas placas de energia solar. Com um custo em torno de R$5.000,00, o projeto deverá ser financiado por empresas privadas que poderão afixar conteúdo publicitário no espaço. A iniciativa foi muito elogiada pelos vereadores.

A apresentação desse projeto ocorreu no momento em que está tramitando na Câmara uma matéria que trata desse tema. De autoria da vereadora Kélvia Raquel, o Projeto de Lei nº 13/2019 dispõe sobre a utilização, no território do Município de Leopoldina, de espaços públicos de pontos de paradas de ônibus, para fins de publicidade. Segundo a autora, a finalidade é permitir a celebração de parceria entre o Município de Leopoldina e outros órgãos e entidades, públicas e privadas, visando à implantação, melhoria e conservação de pontos de parada de ônibus na sede e distritos do Município. A matéria já recebeu pareceres favoráveis de quatro comissões e entrará em discussão nas próximas reuniões.

Orlando Macedo informou que está aguardando a aprovação do PL13/2019 para implementar o primeiro ponto sustentável que servirá de exemplo a fim de conscientizar a população sobre a necessidade de preservação desse bem.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »