09/09/2019 às 19h29min - Atualizada em 09/09/2019 às 19h29min

Pérola Negra mais uma vez ganha prêmios no Festival Internacional de Dança de Cabo Frio

Projeto leopoldinense é desenvolvido na Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado, no bairro Bela Vista.

Por Amaury da Silva Santos
Os dançarinos do Pérola Kids foram vice-campeões na categoria Infantil Estilo livre
A participação dos dançarinos do Projeto Pérola Negra no Festival Internacional de Dança de Cabo Frio no período de 06 a 08 de setembro de 2019, rendeu mais uma vez premiações aos meninos e meninas que integram o Grupo.

Os dançarinos do Pérola Kids foram vice-campeões na categoria Infantil Estilo livre: João Lucas (filho do Cicero da Água de Coco e Joelma da Saúde), Luan Santiago (filho da Cabeleireira Aline Santiago) e Matheus Teles (filho da coreógrafa  do projeto Gisele Teles), incendiaram a platéia com sua alegria e charme dançante.

A coreografia dançada por eles denominada ‘Os Três Mosqueteiros’, foi criada pelas mais novas coreógrafas do grupo KIDS, Ana Flávia Cardoso, Gabriela Andrade (Gabizona) e Poliana, todas  três são dançarinas do Grupo Sênior do Pérola Negra.

O grupo conquistou também quatro medalhas no mesmo estilo, uma de solo, com o dançarino Luiz Carlos Augusto e mais três medalhas  num trio composto pelos dançarinos: Enderson (o Magrelo), Luiz Carlos e Valdir Aquino.

O Projeto representou Leopoldina no Festival pelo segundo ano consecutivo e traz  o troféu de vice-campeão com os KIDS e quatro medalhas pelo terceiro lugar  no estilo livre solo e trio.

Na XVI Edição do Festival Internacional de Dança de Cabo Frio, pelo segundo ano consecutivo,  essa garotada do Projeto Pérola Negra, vai e faz bonito representando a nossa Leopoldina.

A preparação dos dançarinos do projeto para esta competição seguiu mais uma vez  a mesma pegada de 2018, ensaios aos fins de semanas, feriados e até em casa frente ao espelho.

A mostra competitiva aconteceu na Associação Atlética Cabofriense e contou com jurados de renomes internacional avaliando os trabalhos coreografados por cada Grupo de Dança e Projetos  que se apresentaram naquele palco.

O Pérola Negra levou 13 dançarinos, 2 solistas um duo, um conjunto e dois trios, todos para competir no Estilo Livre. Eles tiveram um fantástico desempenho, receberam acolhida calorosa da platéia e deixaram as suas marcas naquele palco.

É importante destacar que desta feita, a participação efetiva da Câmara Municipal de Leopoldina e da Secretaria Municipal de Cultura de Leopoldina, foi fundamental para que os ‘Pérolas Negras’ pudessem participar de mais esse festival além de muitos amigos e amigas que contribuíram  comprando rifas ingressos do Espetáculo e tudo que a coordenação do Projeto fazia para canalizar recursos para essa viagem.

Não vou correr o risco de nomeá-los aqui um por um, pois com certeza irei esquecer alguns, mas posso afirmar, foram os recursos apurados nessas ações, que possibilitaram nossa presença em Cabo Frio.

Enfim, mais uma vez todo esforço, dedicação perseverança e a vontade de fazer o melhor, foi compensado, parabéns Pérolas Negras vocês alegram por demais nossos corações representando super bem a nossa Leopoldina em mais um evento de expressão. Podem ter certeza, já escreveram bem mais uma etapa de nossa história enquanto Projeto Social.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »