15/09/2019 às 13h56min - Atualizada em 15/09/2019 às 13h56min

É o que mais tem

Luciano Baía Meneghite
Foto: Luciano Baía Meneghite
Um tempo atrás publicamos no site do Leopoldinense a matéria: “Potrinho perdido não desgruda de reflexo no vidro”. Tratava-se de um animal que estava há dias parado em frente a uma porta de vidro de uma empresa. Lembramos que como a maioria dos animais não reconhece o próprio reflexo, era possível que ele achasse se tratar de outro animal da mesma espécie ou até mesmo sua mãe. Mesmo com pasto farto próximo ao local e com moradores oferecendo água e comida o bichinho não desgrudava do vidro. Após a publicação, alguém o tirou dali.

Por que estou lembrando esse fato? Porque já há muito tempo vemos seres ditos “racionais” agindo assim. Diante da televisão e de uns anos pra cá diante de computadores e celulares. Com o crescimento das redes sociais, o que mais vemos são pessoas agindo feito o potrinho. Encantados com o que parece refletir suas ideias, mesmo alertados da ilusão a que estão presos, preferem acreditar na mentira.   É mais cômodo não exige grande esforço mental. Pra que ler sobre determinado assunto se pelo WhatsApp mandaram um vídeo que “mostra tudo”? Pra que ouvir os argumentos contrários se já sabem tudo.

E vão comentando o que não leram, vão compartilhando o que não sabem de onde saiu. E vai aumentando a tropa diante do vidro. Alguns chegam a babar.  Um dia um dá um coice e o vidro quebra e aí vão procurar outra ilusão, outro mito.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »