22/08/2014 às 09h58min - Atualizada em 23/08/2014 às 10h00min

Enfrentamento às Ocorrências de Violência contra a Pessoa Idosa em Leopoldina

Prefeitura faz campanha de em parceria com Asilo

Por Wendel Nogueira

O Estatuto do Idoso afirma que nenhum idoso será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, violência, crueldade e opressão, punindo na forma da lei, qualquer atentado por ação ou omissão, aos seus direitos. Além do descaso, o idoso enfrenta vários tipos de violência em seu dia a dia.

Agressão é qualquer tipo de violência praticada contra o idoso.

As violências contra o idoso se manifestam de diversas formas dentre elas podemos citar a violência física, violência psicológica, abandono, negligência e autonegligência, abuso financeiro, econômico e patrimonial e até mesmo abuso e violência sexual que achamos não acontecer, mas que também acontecem na vida dos idosos.

A Campanha tem por objetivo promover divulgação de todos os tipos de violência, ressaltando aquelas mais frequentes na vida do idoso, estando o abuso financeiro em primeiro lugar, em segundo lugar, a violência física, e em terceiro o abandono.

Diante deste quadro triste, Assistência Social de Leopoldina, tem voltado esforços para a oferta de proteção e superação das ocorrências de violência vivenciadas por este público. Estamos desenvolvendo acampanha “ENFRENTE! Todos pelo fim da violência contra o idoso” que prevê ações concretas de proteção e prevenção dos abusos contra idosos no município de Leopoldina.

O CREAS - Centro de Referência Especializado- conta com uma equipe especializada para desenvolver serviço de apoio, orientação e acompanhamento a pessoas e famílias que estão vivenciando situação de ameaça ou violação de direitos e tem atendido um número acentuado de casos envolvendo idosos. Inclusive, nestas ocorrências em algumas situações tem-se identificado a necessidade de encaminhamento à entidade Asilo Santo Antônio visando garantir o atendimento de proteção a estes idosos vítimas de violência que necessitam do afastamento do convívio familiar.

A Campanha foi motivada e decorrência dos diversos casos que vinham sendo encaminhados à entidade Asilo Santo Antônio entendendo que muitos encaminhamentos para a internação na entidade, poderiam ser evitados se esta temática fosse melhor trabalhada por meio de divulgação dos tipos de violência existentes contra idosos. Com o desenvolvimento  da Campanha, todos os  envolvidos poderão conhecer e combater estas ocorrências de forma mais efetiva. Neste sentido, a proposta de trabalhar esta parceria CREAS x ASILO SANTO ANTÔNIO focada na divulgação de conhecimentos sobre a violência contra idosos espera ainda promover no violador o entendimento de sua atitude de agressor e o posicionamento de não mais praticar atitudes que são caracterizadas como violentas. E ainda, promovendo com as vítimas o reconhecimento dos momentos em que estão sendo violentadas aprendendo a partir da identificação da situação de violência a atitude de proteger-se dos possíveis agressores ou a buscarem ajuda de terceiros/ou órgãos de proteção.

A Campanha também visa promover reflexão sobre a violência com todos da comunidade que de uma certa forma estão envolvidos com a população idosa visando contar com a intervenção de cada um neste processo de proteção ao idoso para que não aconteça a omissão por parte de quem toma conhecimento da violência praticada ao idoso, não denunciando o fato aos órgãos de proteção.

Com o desenvolvimento da Campanha espera-se provocar atitudes que venham a garantir maior segurança e proteção dos idosos do município de Leopoldina denunciando as situações de violência.

Foram realizadas diversas capacitações com profissionais que atuam diretamente com os idosos visando conter a violência institucional, cometida no momento da prestação de serviços aos idosos, bem como obter destes profissionais um olhar diferenciado de forma que possam identificar os sinais demonstrados pelo idoso de que ele possa estar sofrendo a violência, uma vez que o idoso recua e omite informações para proteger seu familiar (quando o familiar é o agressor), muitas vezes por medo da situação de dependência que normalmente apresenta em relação ao familiar.

Em toda a agenda programada o trabalho desenvolvido irá propagar informações sobre os diversos abusos e maltratos cometidos com a pessoa idosa visando romper o silêncio que cobre essa temática.

No dia 02 de agosto estivemos presente na Festival Gastronômico de Piacatuba, realizando uma Blitz educativa, e também no dia 16 de agosto no centro de Leopoldina. No dia 24 de agosto estaremos na Exposição de Tebas para mais uma Blitz educativa. Passaremos fazendo a Blitz em mais 03 municípios: Abaíba, Ribeiro Junqueira, Providência.

Está programado também, a realização de encontro com os idosos e suas famílias nos bairros Bela Vista /São Cristóvão / Nova Leopoldina / Alto do Cemitério / Bandeirantes / Quinta Residência / Vale do Sol / Alto da Ventania / Seminário / Três Cruzes / Pirineus e nos distritos de Piacatuba / Ribeiro Junqueira / Tebas / Abaíba / Providência. .

Gostaríamos também de ressaltar os parceiros, os profissionais do Programa Saúde da Família, conselheiros do Conselho Municipal do Idoso / usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos / membros integrantes do Centro de Convivência da Terceira.

Conheça aqui alguns indícios de que o idoso possa estar vivenciando situação de violência:

Indicadores Físicos: desnutrição e desidratação, sem uma doença que justifique, hematomas, queimaduras, palidez, má higiene corporal, evidência de traumas, evidência de acidentes inexplicáveis.

Indicadores Comportamentais: passividade, tristeza ou falta de defesa, ansiedade, agitação e medo, quadro de depressão, medo de falar livremente, fuga de contato físico, de olhar e verbal com a pessoa que cuida do idoso.

Indicadores de Negligência: dificuldades de acesso ao idoso, isolamento frequente, roupas impróprias, ausência às consultas.

 

Onde denunciar:

Disque CREAS Leopoldina: (32) 3441-9345 ou 34415563  

Rua Tiradentes, 134 – Centro

Disque Direitos Humanos: 100

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »