19/09/2019 às 17h24min - Atualizada em 19/09/2019 às 17h24min

Kélvia propõe adesão de Leopoldina ao Programa Escola Cívico-Militar do Governo Federal

A vereadora sugere a inscrição do município e alerta que a data limite é 27 de setembro de 2019.

Kélvia alerta que a data limite é 27 de setembro de 2019.( Foto: folhabv.com.br)
O município de Leopoldina poderá se inscrever no projeto “Escola Modelo Cívico-Militar”, proposto pelo governo federal. Indicação neste sentido foi apresentada na Câmara Municipal, durante reunião ordinária realizada no dia 16 de setembro de 2019.

De autoria da vereadora Kélvia Raquel, a proposição foi direcionada ao Poder Executivo, com cópias para a Secretaria Municipal de Educação e Superintendência Regional de Ensino. A matéria sugere a inscrição do município e alerta que a data limite é 27 de setembro.

Segundo dados constantes da indicação, serão, ao todo, 54 escolas – duas de cada unidade da Federação – sob a forma de gestão híbrida entre civis e militares no primeiro ano de programa. Têm preferência as instituições de ensino com baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e em situação de vulnerabilidade social.

A escola cívico-militar é um modelo desenvolvido para melhorar a educação básica do país. Para isso, será construído um ambiente de parcerias e de maior vínculo entre gestores, professores, militares, estudantes e até mesmo pais e responsáveis.

A Indicação nº 274/2019 foi aprovada por unanimidade e recebeu assinaturas de apoio de todos os vereadores.

 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »