20/09/2019 às 09h22min - Atualizada em 20/09/2019 às 09h22min

Softwarehouse leopoldinense acelera crescimento e ganha destaque em mercado nacional.

Carla Abe Vicente (*)

A RBM Web Sistemas Inteligentes está há mais de 15 anos no mercado e começou a sua história de sucesso aqui na cidade de Leopoldina-MG. Sucesso, que teve início movido a resiliência diante dos grandes desafios do mercado financeiro, mas um vislumbre de oportunidade no ramo de softwares na web pelo empresário Ricardo Barros Mendes, CEO da RBM, juntamente com o sócio André Mendes.
 
E as oportunidades continuam a ser aproveitadas em 2019, três meses e meio após a entrada em vigor da Empresa Simples de Crédito, a RBM Web está investindo em infraestrutura e pessoal, para dar conta da rápida expansão dessa modalidade de negócio.“Estamos apostando tudo nessa atividade, investindo alto na ampliação da empresa, aquisição de novos equipamentos e contratação de pessoal para atender ao grande volume de ESCs interessadas no nosso sistema, partindo da perspectiva de que o mercado fechará o ano com 500 ESCs abertas.”, pontua Ricardo.
 
Além disso, a empresa é movida a inovar, que na linguagem da tecnologia da informação significa pensar fora da caixa, pois hoje o mercado financeiro não é fácil, mas a RBM não mede esforços quando o assunto étecnologia de ponta dentro dos 9 produtos hoje oferecidos, entre sistemas para gestão interna de empresas e aplicativos web e mobile para o setor financeiro.
 
Unidades em atuação e projeção
 
Se a primeira unidade foi em Leopoldina-MG, a matriz, expandiu para mais uma unidade em Juiz de Fora-MG, um ponto de apoio em Maringá-PR e a projeção é que em 2020 abrirá uma unidade em São Paulo capital.
 
Levando em consideração que o ramo financeiro possui algumas barreiras de entrada, a RBM representa persistência, pois possui participação nacional no mercado de microcrédito em 23 estados, gerando mais de 100 mil propostas ao mês. Atende financeiras CFI, factorings, fintechs, SCMs, OSCIPs e ESCs, destacando-se com 85% do mercado de SCMs como clientes da RBM. 
Diferenciais incluem conquistas de certificações e integrações junto das entidades e certificadores reconhecidas no Brasil
 
Desde o início um dos quesitos primordiais para a satisfação do cliente RBM, além da agilidade, é a segurança dos sistemas que seguem as orientações do Banco Central do Brasil quanto aos crimes cibernéticos.
 
Junto a isso, é uma das primeiras softwarehouses com sistema integrado e automatizado com a Central de Recebíveis (CERC), o Sistema Nacional de Gravame (SNG), CETIP e a SCR, o WEBESC, atualmente preparado para as três modalidades de operação da ESC – empréstimo, financiamento (incluindo a opção de garantia de alienação de bens) e desconto de recebíveis. A homologação junto à CERC ocorreu recentemente e foi anunciada no 12º Simpósio dos Empresários de Fomento Comercial do Estado de São Paulo. O que representa que a RBM está oficialmente certificada a avaliar, monitorar e registrar  com uma das mais importantes registradoras do país os títulos (duplicatas, notas promissórias, cheques, operações de empréstimo e financiamento).
 
Isso, faz com que seja aumentada a segurança dos clientes, trazendo benefícios para todas as partes do mercado: financiadores, fornecedores e compradores.
 
Atualmente são mais de um milhão de recebíveis registrados na CERC. Estatística que trouxe a resposta para as principais incertezas, que comprometiam a avaliação dos recebíveis pelos agentes financeiros.O processo torna-se simples e transparente, com custos reduzidos de validação de existência, registro e liquidação. 
 
E a RBM não está sozinha, além de contar com um time de peso, também caminha junto com entidades que auxiliam e facilitam a concessão de crédito para micro e pequenas empresas, as quais concederam homologação que estão aptos a atender a lei e o modelo que rege as ESCs.
 
Se hoje a empresa conta com 33 funcionários, o plano de expansão prevê duplicar até final de 2019 e triplicar em 2020. É o empreendedorismo leopoldinense ganhando o país e fazendo acontecer!

(*)Analista de Marketing da RBM Web

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »