30/09/2019 às 16h33min - Atualizada em 30/09/2019 às 16h33min

Escola de Leopoldina recebe Selo Chuá da Copasa

Selo é o reconhecimento das ações desenvolvidas por 86 alunos, com base nas atividades estabelecidas no programa Chuá Socioambiental

Equipe da Copasa e o Selo Chuá (Foto: Divulgação/Copasa)
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), por meio do Programa Pró-Mananciais, entregou para a Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado, em Leopoldina, o Selo Chuá: Escola Amiga do Meio Ambiente. O selo entregue à escola é o reconhecimento das ações desenvolvidas por meio das atividades do programa de educação ambiental da Copasa, o Chuá Socioambiental.  
 
Cerca de 230 alunos, professores e familiares participaram da cerimônia de entrega realizada na manhã do dia 24 de setembro. O evento foi marcado por diversas atividades como oficina de produção de notícias, apresentação de teatro, dinâmicas sobre educação ambiental e rodas de conversa sobre saneamento e consumo consciente.
 
A execução das atividades previstas pelo Chuá Socioambiental na escola foram: recolhimento do óleo de cozinha usado, evitando o descarte indevido no meio ambiente; Campanha Lacre do Bem, que mobilizou alunos, os professores e demais funcionários a juntar lacres de alumínio de latinhas; Feira do Desapego, onde os alunos trocaram objetos que não lhes são mais úteis, mas que ainda estão em bom estado de uso, para serem trocados por outros que lhes servem; e a Feira Verde, com a troca de mudas de plantas. Ao longo de sete meses, foram doados 80 litros de óleo, 100 mudas de árvores, que foram trocadas em mais de 5.000 garrafas pets e 180 objetos trocados entre alunos.
 

Crianças participam de atividades do Chuá Socioambiental ​

Chuá Socioambiental
 
O programa Chuá Socioambiental é focado na promoção de atividades de sustentabilidade alinhadas à conscientização sobre a importância da preservação e cuidados com os recursos hídricos e com o meio ambiente, para a construção de gerações mais responsáveis.
 
Além disso, as ações evidenciam a conexão entre relação rural e urbana dentro do contexto de bacia hidrográfica e ciclo da água; estimula o conhecimento sobre a importância da proteção de mananciais que servem de abastecimento para a cidade; incentiva os alunos e demais participantes da comunidade escolar a praticarem atividades que implicam positivamente no saneamento, no consumo sustentável e no meio ambiente; e promove trocas solidárias dentro dos espaços das escolas.
 
Fonte> Assessoria de Imprensa da COPASA
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »