10/10/2019 às 17h24min - Atualizada em 11/10/2019 às 10h12min

Energisa apresenta a órgãos públicos seu Plano de Contingência para o período de chuvas.

Objetivo é organizar, orientar e agilizar e uniformizar as ações necessárias para atuar com agilidade para enfrentar as tempestades.

A segurança da população e a qualidade do fornecimento de energia são fundamentais para a satisfação dos nossos clientes. Visando maior relacionamento e parceria com os órgãos públicos, a Energisa reuniu nesta quarta-feira, 09 de outubro, na sede da empresa, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Polícia Militar do Meio Ambiente e as secretarias municipais de Serviços Urbanos, de Agricultura e Meio Ambiente e de Obras para juntos discutirem ações para evitar acidentes com a comunidade relacionados à rede elétrica. A empresa aproveitou para apresentar seu Plano de Contingência para o período de chuvas.

Árvore na rede, construções próximas à rede elétrica e período de chuvas são situações em que todos devem ficar atentos. Por isso, a iniciativa teve por objetivo conscientizar os órgãos públicos sobre o plantio adequado de árvores de grande porte como eucaliptos e palmeiras e a importância da poda correta e segura das árvores, além dos riscos e perigos de se construir próximo à rede elétrica, podendo causar graves acidentes com a comunidade.

“Queremos oferecer um serviço de qualidade para a população, evitando acidentes e até mesmo mortes. Trata-se de uma iniciativa para preservar a vida com ações preventivas para toda a comunidade”, comentou o diretor Técnico da Energisa Minas Gerais Fernando Costalonga.



São diversas as ações da Energisa junto à comunidade com o objetivo de preservar vidas. Uma delas é a Parada da Segurança, quando equipes de técnicos visitam obras e verifica se há algum risco próximo à rede e realizam diálogos de conscientização com os trabalhadores do setor da construção civil. Somente este ano, a Energisa solicitou o embargo de 765 construções em Minas, que estavam avançando a distância de segurança na rede.

E como o período de chuvas está se aproximando o Plano de Contingência da Energisa, que está em fase final de atualização, também foi apresentado. Os órgãos conheceram o plano, que serve para organizar, orientar e agilizar e uniformizar as ações necessárias para atuarmos com agilidade para enfrentarmos as tempestades, e puderam contribuir.

“A iniciativa da Energisa foi muito importante para esse estreitamento de relacionamento com as defesas civis dos municípios e as outras entidades envolvidas na questão de proteção e defesa civil. Antecipar aos desastres é o nosso foco principal. A Energisa nessa iniciativa brilhante nos aproxima ainda mais, possibilitando atuarmos de forma mais eficiente”, disse o coordenador da Defesa Civil de Ubá, Gilger Eduardo de Menezes. Além de Ubá, estavam presentes representantes também de Cataguases, Astolfo Dutra, Guidoval, Visconde do Rio Branco, Miraí, Leopoldina e São João Nepomuceno.
 
   
Os clientes também podem contribuir. Fique atento às orientações e evitem acidentes:

Plantio e poda de árvores

Atenção às distâncias mínimas para plantação de árvores:

o   Para árvores de pequeno porte, 7,5 metros de distância das Linhas de Distribuição e 15 metros das Redes de Transmissão.

o   Para árvores de grande porte, como o eucalipto, a distância mínima é de 30 metros da rede ou a altura da árvore.

O órgão responsável pela poda de árvores na cidade é a Prefeitura Municipal. A Energisa realiza o serviço de poda apenas para os casos em que as árvores oferecem risco ao fornecimento de energia ou à população.

Construções

o   Mantenha distância mínima de 2 metros da rede elétrica.

o   Antes de movimentar estruturas metálicas, como barras de ferro, vergalhões, trilhos de cortinas, telhas metálicas (zinco e alumínio) e antenas, por exemplo, confira se não há risco de encostar na rede elétrica.

o   Para instalar tapumes, plataformas ou andaimes próximos à rede elétrica, consulte a Energisa.

o   Fique atento a situações que podem causar acidentes com energia elétrica durante a obra.

Durante o período de chuvas

o   Em caso de ventos e chuvas fortes, procure um local seguro para se abrigar, mas não se esconda debaixo da árvore.

o   Em casa, durante as tempestades, retire todos os aparelhos eletrônicos das tomadas e evite contato com objetos de estrutura metálica que estejam ligados à eletricidade, como fogões, geladeiras e torneiras.



Fonte> Gerência de Comunicação e Marketing da Energisa
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »