13/11/2019 às 19h59min - Atualizada em 13/11/2019 às 19h59min

Leopoldinense faz sucesso ensinando dança eletrônica no Youtube

Ele conta com milhares de seguidores e até a presente data o seu canal registra 42,3 mil inscritos.

João Gabriel B. Meneghite
O jovem Diego Oliveira Ferreira, de 26 anos, está fazendo sucesso no Youtube ensinando os internautas a dançarem músicas eletrônicas. Até a presente data o seu canal registra 42,3 mil inscritos (Clique aqui para acessar). São pessoas que admiram o seu trabalho e buscam conhecimentos sobre os estilos de músicas eletrônicas como Free Step, Shuffle Cutting Shapes, entre outras.
 

Diego trabalha, faz faculdade e aproveita o tempo de folga para gravar e editar vídeos, além de dar aulas de dança e desenvolver projetos de coreografias. O seu canal recebe uma média de 50 mil acessos mensais e já registrou 4 milhões de acessos.
 
A sua trajetória começou em 2008, quando ganhou de presente um DVD com os clipes de Michael Jakson. “Eu assistia todos os dias, sou muito fã e sempre quis aprender os passos que ele fazia, daí surgiu minha paixão pela dança. Na internet aprendi a fazer um passo denominado Moonwalk e, à partir daí, aprendi novos estilos”, comentou.
 
Ele conta ainda que depois disso criou o seu canal para postar vídeos ensinando os internautas a dançarem e alcançou muitos acessos quando publicou um tutorial da dança ‘Rebolation’. Em dois meses o vídeo alcançou 10 mil acessos, motivando-o a produzir mais conteúdo do gênero, conquistando seguidores no Brasil e no exterior.  
 
“Tenho vontade de divulgar o meu trabalho numa rede de televisão. Um vídeo que fiz com um amigo apareceu no programa do Rodrigo Faro por cinco segundos e fiquei muito contente de saber que a produção da Record acessou o meu canal. Tenho um sonho de ter minha própria academia de dança e estou trabalhando para divulgar a minha marca e uma página voltada aos dançarinos de música eletrônica chamada ‘Shuffle Brasil’, que está crescendo aos poucos e ficando conhecida”, revelou.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »