14/11/2019 às 08h42min - Atualizada em 14/11/2019 às 08h42min

Projeto de Lei institui bengala verde em Leopoldina para pessoas com baixa visão

Objetivo é evitar que pessoas com baixa visão sejam confundidas com cegos ou, até mesmo, com pessoas acometidas de problemas mentais pela demora na locomoção

Durante sessão ordinária ocorrida no dia 5 de novembro de 2019, a Câmara Municipal de Leopoldina aprovou o Projeto de Lei nº 28/2019 que institui o uso da bengala verde como meio adequado para identificar pessoas acometidas de baixa visão e como instrumento de orientação e mobilidade.

O autor da proposta, vereador Rogério Campos Machado, afirma que a ideia é conscientizar a população sobre as inúmeras dificuldades que uma pessoa com baixa visão tem, desde a prática de coisas simples, como reconhecer rostos, ler placas de sinalização, letreiros de ônibus, atravessar ruas, entre outras.

Outra finalidade da matéria é evitar que pessoas com baixa visão sejam confundidas com cegos ou, até mesmo, com pessoas acometidas de problemas mentais, pelo fato de, muitas vezes, demorarem mais para se locomover ou para reagir a algumas situações, como escolher um alimento em um Buffet por quilo.

De acordo com o projeto, a bengala verde possuirá iguais características à bengala branca em peso, longitude, empunhadura elástica, rebatibilidade, podendo ou não conter na última anilha uma luz de led a qual facilitará na visão noturna.

Ao justificar sua iniciativa, Rogério Campos Machado destacou que a bengala verde representa um passo importante para a conquista de direitos de todas as pessoas com baixa visão. Após as discussões regimentais, o Projeto de Lei nº 28/2019 foi aprovado por unanimidade em regime de urgência.
 
Fonte> Portal da Câmara Municipal de Leopoldina
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »