30/12/2014 às 09h33min - Atualizada em 30/12/2014 às 09h33min

Prefeito quer reformar seis quadras poliesportivas em bairros

Levantamento fotográfico feito pelo jornal mostra espaços esportivos precisando de melhorias.

Luiz Otávio Meneghite

Quadra no bairro Limoeiro será reformada

O prefeito José Roberto de Oliveira determinou às Secretarias Municipais de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo e Obras e à  Comissão Permanente de Licitação, a realização de licitação na modalidade ‘Tomada Preços’  visando a a contratação de empresa especializada, pelo regime de execução indireta, de empreitada a preço global para obra de reforma em seis quadras esportivas no município de Leopoldina.

Segundo edital publicado no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, em sua edição nº 1395, de 17/12/2014, as quadras estão localizadas na rua Antônio Fernandes Valentim, Bairro Quinta Residência, na  rua Manoel Januário, Bairro Alto do Cemitério,  no Bairro Pedro Britto Netto, na rua Cel. João Lau, Bairro Eldorado, na rua Professora Conceição Soares Monteiro de Castro, Bairro Seminário e na rua Madre Cândida Maria de Jesus, Bairro Limoeiro.

O pacote de reformas descrito no edital publicado estabelece que o prazo de execução das obras será de três meses, conforme planilha orçamentária, cronograma físico – financeiro, Memorial técnico descritivo e projeto.

Maiores informações estão no Edital à disposição dos interessados, na Prefeitura de Leopoldina, à Praça Professor Botelho Reis, Edifício Athenas, Centro, ou pelo telefone (32) 3449 6283 (Setor de Licitação), no horário de 12:00 às 18:00 horas, nos dias úteis. O edital completo poderá ser solicitado através de e-mail enviado ao endereço eletrônico [email protected] 

 

Espaços esportivos de Leopoldina estão precários e alguns abandonados.

Por João Gabriel B. Meneghite

Incentivar o esporte, recreação e lazer, ocupando racionalmente do tempo livre do cidadão, promovendo um intercâmbio entre os membros da comunidade é um dos principais efeitos de um projeto bem estruturado de construção e implantação de um espaço esportivo. Acontece que há muitos anos, áreas como essas estão abandonadas em nossa cidade. E o pior: oferecem condições de riscos para a população.

O jornal Leopoldinense registrou algumas imagens de alguns espaços esportivos em Leopoldina que estão em condições precárias.

- Aqui, quase ninguém utiliza essa quadra.

Disse um dos moradores do bairro Três Cruzes, mostrando a precariedade da quadra esportiva "José Lourenço Lima Iennaco", que está com grades arrebentadas, parte elétrica danificada e com muros quebrados.

Quadra do bairro Três Cruzes

No bairro Bela Vista, o que era para ser um dos melhores espaços de práticas esportivas da cidade, também está em péssimas condições.  O conjunto de quadras, campo e pista de skate além de estar em estado precário, oferece riscos para as crianças.

A pista de skate, por exemplo, está com toda a sua estrutura comprometida. Já a quadra poliesportiva da rua Funchal Garcia está com grades arrebentadas, estruturas de ferro retorcidas e traves improvisadas com pedaços de madeira, pedras e borrachas para demarcar o gol.

Recentemente, o poder público municipal amenizou o problema daquela região, dando andamento nas obras do campo society que estavam  paralisadas. A comunidade já organiza os tradicionais torneios naquele local.

 

Quadra na rua Funchal Garcia, bairro Bela Vista.

 

Já a quadra esportiva Sebastião Rosa, localizada no bairro Limoeiro,  precisa de uma intervenção prioritária, pois partes elétricas estão expostas e o índice populacional de crianças daquela localidade é alto,  sendo o espaço utilizado frequentemente.

- Filma aqui moço!

Disse uma das crianças com a preocupação de serem substituídas as traves de madeira por novas. A inocência da molecada, mal pode observar os maiores perigos, que são os ferros enferrujados e pontiagudos, além da rede de esgoto a céu aberto ao lado da quadra.

Quadra no bairro Limoeiro.

 

No bairro Jardim dos Bandeirantes a situação é mais perigosa. O campo de futebol society construído ali pelo prefeito José Roberto de Oliveira foi depredado por vândalos e o abandono do local o tornou esconderijo para traficantes. O campo gramado ainda serve para atividades esportivas da comunidade, porém, estão sem traves e com alambrados danificados.

- As colunas e tijolos que gastaram para fazer esse muro foram dinheiro jogado fora e poderiam ser empregados em outras melhorias.

Opinou um morador próximo à quadra localizada perto da chamada ‘ponte da amizade’ que liga os bairros Seminário e Bandeirantes, que salientou o gasto desnecessário com a construção de um muro em volta, tornando o local com pouca visibilidade e que está servindo de esconderijos para os bandidos..

    

Quadra e campo do bairro Bandeirantes. 

 

Exemplo a ser seguido pelas comunidades

O bairro Vila Miralda conta com um campo society gramado e bem preservado pelos moradores. Construído há sete anos pelo prefeito José Roberto de Oliveira, o campo Waldir Vieira Couto tem vestiários e toda uma estrutura que aparentemente está preservada. Ao contrário de muitos outros espaços que estão depredados por falta de manutenção do poder público e principalmente descuido da população, que em alguns casos isolados, depredam e roubam materiais que deveriam beneficiar a coletividade.

Uma ação interessante na Vila Miralda é que o espaço é vigiado pelos próprios moradores, que não admitem qualquer ação que vise prejudicar o campo.

 

Poder público é o único culpado?

A falta de manutenção desses espaços deve ser cobrada ao poder público municipal. Mas será que este é o único responsável?

Em nossos registros fotográficos identificamos que a própria população descarta lixos e entulhos nesses espaços. Em alguns casos, ferros que dão estrutura as grades estão retorcidos porque as pessoas ficam penduradas em locais impróprios; Algumas grades estão com aberturas para facilitar o acesso de "folgados" e preguiçosos que encurtam o caminho do acesso ao local.

 

O que fazer?

Você já procurou a Associação dos Moradores de Bairro ou o vereador (a) que foi pedir o seu voto para reivindicar, junto ao poder executivo, as precariedades do seu bairro?

A Associação de Moradores eleita pela maioria já fez algum trabalho de conscientização sobre a preservação de um bem coletivo?

A Associação de Moradores fez alguma reivindicação de melhorias para o bairro? 

Representantes do poder público ainda não deram solução ao caso?

Notifiquem os vereadores para cobrar do Poder Executivo!

Você já procurou saber se o Orçamento apresentado pelo Executivo e aprovado pelos vereadores é o suficiente para o setor que tem competência de  implantar as melhorias em seu bairro?

Ou melhor: você sabe o que é um orçamento participativo? O vereador em quem você votou já te explicou sobre isso?

Agora, a prefeitura se movimenta no sentido de reformar seis quadras esportivas relacionadas no inicio desta matéria. Daqui a três meses estarão prontas. Quando tempo vão durar? As comunidades beneficiadas podem copiar o exemplo da Vila Miralda e ajudar a tomar conta e preservar. Afinal, a quadra é como se fosse de cada um que nela pratica esportes.Reflitam!

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »