30/01/2020 às 23h11min - Atualizada em 30/01/2020 às 23h11min

Funcionários e clientes do Bahamas reclamam de alta velocidade na Rua Maria do Carmo Salles

Em contato com o Jornal Leopoldinense eles reivindicam: quebra-molas, melhor iluminação, limpeza dos matos e ponto de ônibus.

Luiz Otávio Meneghite
Rua Maria do Carmo Sales
Um grupo de funcionários do supermercado Bahamas entra em contato com a redação do Jornal Leopoldinense para relatar que veículos e motocicletas estão trafegando na Rua Maria do Carmo Salles em velocidade incompatível com o local, por onde transitam clientes da empresa que estão sempre reclamando da correria, na maioria das vezes de profissionais.

Eles relacionaram entre suas queixas a fraca iluminação da referida rua, a falta de um ponto de ônibus e o mato sempre alto na margem da via pública no barranco que fica abaixo da Rua José Peres.

Segundo um dos funcionários que fez contato com o Jornal Leopoldinense, quando anoitece tanto clientes quanto eles próprios só saem do local em grupo para maior segurança.

Eles disseram que as queixas já foram alvo de manifestações de vereadores oficialmente na Câmara Municipal.

Veja no link abaixo matéria relacionada ao assunto publicada no Jornal Leopoldinense em 07 de fevereiro de 2019

Trabalhadores reclamam de falta de segurança na rua Maria do Carmo Sales

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »