27/08/2014 às 09h33min - Atualizada em 27/08/2014 às 09h33min

Esporte Clube Ribeiro Junqueira completa 103 anos de fundação

Por João Gabriel B. Meneghite
Ano 1915. José Botelho Reis, Álvaro de Castro, Edson Guimarães, Alberto Vidal, Chico Gama, Pedro Arantes, José Esteves, Djalma Barros, Custódio Cruz, Alberto Vieira, Bolivar e Raimundo Vargas.

 

História do Ribeiro Junqueira Sport Club

O Ribeiro Junqueira Sport Clube nasceu em 27 de agosto de 1911, em um dos salões do Gymnasio Leopoldinense. Os professores José Botelho Reis, Antônio Moura, João Trentino Ziller, Dr. Pedro Arantes e Milton Ramos Pinto, juntamente com Esdras Lintz, Vicenti Domenice e alguns alunos, foram os que fundaram o clube.   O Professor José Botelho foi o seu primeiro presidente e o senador Ribeiro Junqueira o seu presidente de honra. Posteriormente o Prof. José Botelho Reis ocuparia a presidência de honra.

Naquela época, era comum utilizar nomes de famílias para denominar um time, e para homenagear o Deputado Ribeiro Junqueira, os alunos do Gymnásio Leopoldinense assim nomearam o clube. 

Logo após o primeiro jogo, o Diretor da escola chamou os jogadores para saber quem teve a ideia de colocar o nome de Ribeiro Junqueira no time. No colégio, as coisas eram severas e os alunos ficaram com medo da repreensão e castigo. Mas o diretor Dr. José Monteiro Ribeiro Junqueira havia gostado da escolha e até mesmo propôs ajuda, comprando uniformes e dando apoio para o time seguir em frente.

Uma reunião definiu as cores do time. Um dos fundadores se manifestou dizendo ter recebido de parentes um postal vindo da Itália, o qual trazia em sua ilustração principal o desenho do Estádio do Milan com seu escudo. Desta forma foi definido o uniforme e as cores do Ribeiro Junqueira Sport Club.

 

Quem foi Ribeiro Junqueira?

José Monteiro Ribeiro Junqueira nasceu em 27/08/1871 em Santa Isabel (Leopoldina/MG). Filho de José Ribeiro Junqueira e Antonia Augusta Lobato M. Junqueira, foi um dos maiores líderes políticos da Zona da Mata na primeira metade do século XX. Fez o primário na escola Professor Inácio e o secundário no Colégio Abílio. Fez o ensino superior na Faculdade de Direito de São Paulo. Além de magistrado, foi banqueiro, empresário agropecuarista e advogado.

 

Foi Promotor Público na cidade de Leopoldina/MG; Secretário de Viação e Obras Públicas do Governo Olegário Maciel.  Exerceu os cargos de Presidente do Conselho Distrital em 1895;Deputado Estadual entre 1895 e 1897 e 1898 a 1900; Deputado Federal em dez legislaturas entre os períodos de 1903 à 1930; constituinte em 1933 a 1934 e Senador da república entre 1935 a 1937. Foi fundador da Cia Força e Luz Cataguazes-Leopoldina; do órgão de imprensa Gazeta de Leopoldina; da Cooperativa dos Produtores de Leite de Leopoldina; da Santa Casa de Misericórdia e do Gimnásio Leopoldinense deixando um legado de liderança na cidade de Leopoldina e região.

 

Como surgiu o futebol em Leopoldina

Assim como em diversas escolas pelo Brasil, o futebol em Leopoldina surgiu dentro de uma instituição de ensino: o Gymnasio Leopoldinense. O estudante José Botelho Reis, que estudou no Colégio Pedro II, Rio de Janeiro,  trouxe o então recente esporte em ascensão no Brasil para a cidade de Leopoldina.

Em 1906, um ano após a sua formação de magistério, veio para Leopoldina trabalhar no Gymnasio Leopoldinense, onde exerceu os cargos de regente e secretário, vindo a assumir a diretoria técnica em 15/03/1910.  Foi diretor da instituição e ensinou os alunos como se jogava o futebol.

É importante citar um rico material histórico sobre a história do futebol, publicada no Portal Gazeta Esportiva, que traz uma curiosidade interessante no que diz respeito à história do futebol no Brasil, que poderia ter tido reflexo na cidade de Leopoldina. O artigo traz a informação de que em 1882, os funcionários ferrovia São Paulo Raiway teriam aprendido a jogar futebol, recreação praticada após o serviço.  No mesmo ano, o futebol teria se propagado pelas ferrovias, até chegar a Leopoldina Raiway, no Rio de Janeiro. 

O curioso nessa história é que, as maiorias das ferrovias eram de companhias inglesas, país de origem do futebol.  A companhia inglesa “Leopoldina Raiway” foi implantada em Leopoldina e região por iniciativa de fazendeiros e comerciantes. A cidade deu origem ao nome da Companhia Leopoldina Raiway.

Podemos levantar a hipótese de que o futebol poderia ter chegado a Leopoldina e região muito antes, sendo a cidade uma das primeiras nessa pratica esportiva, que hipoteticamente era praticado pelos funcionários da Companhia Leopoldina Raiway.

.

Mas os registros concretos são que em 1906 que o professor José Botelho Reis veio para trabalhar na cidade de Leopoldina, aprendendo a prática do futebol, no colégio Dom Pedro II, no Rio de Janeiro e posteriormente ensinando os alunos do Gymnasio Leopoldinense a jogarem este esporte. José Botelho Reis era ao mesmo tempo jogador, técnico, treinador e juiz. Trouxe um folheto do Rio de Janeiro explicando as regras para os alunos, que tinham que decorar as posições como, por exemplo, o ponta direita Out-side-right e o meia esquerda in-side-left

Em artigo publicado no Jornal Ilustração José Soares afirma que:

“Leopoldina conheceu o nobre esporte bretão lá pelas bandas de 1911, ocasião em que apareceu o primeiro clube de futebol com a denominação de Guarany F.C., cujo campo era justamente onde se encontra hoje a casa que pertenceu ao Dr. Francisco Junqueira.” (SOARES, José. O Passado Glorioso do E.C Ribeiro Junqueira. Jornal Ilustração, 13/05/1951)

Para o leitor ter uma noção exata do local citado por Soares, recorremos a pesquisas, onde identificamos a localização da casa que pertenceu ao Dr. Francisco Junqueira, ou seja, onde existia esse campo de futebol. Era onde hoje (2014) se localiza a Av. Getúlio Vargas, próximo ao rodinho, nas imediações do Centro Comercial Francisco Barreto Farial Freire (Secol).

Assim como a chegada do futebol em diversas regiões do Brasil se espalhou rapidamente, em Leopoldina não foi diferente, sendo criados diversos clubes como: Guarany F.C, Pery F.C, Leopoldina F.C, Ribeiro Junqueira Sport Clube, Netto F.C, Operário F.C, Acadêmico, Democrata, Oriente Mineiro, dentre outros.

 

Referências

  1. BOTELHO, Luiz Eugênio. O Futebol. Artigo publicado do livro E.C Ribeiro Junqueira, O eterno
  2. Campeão de Joseph Capdeville Gribel. 1991, pag 103.
  3. LACERDA, Glauquer Brito de. CD.ROM – E.C Ribeiro Junqueira. 1ª Edição.
  4. NOGUEIRA, Natânia. História e ensino. Acesso em:  06/05/2010. < http://historiadoensino.blogspot.com/2008_05_01_archive.html>
  5. GAZETA ESPORTIVA. História do Futebol. Acesso em: 06/05/2010. http://cgi.gazetaesportiva.net/historia/futebol/historia_do_futebol/abertura.htm
  6. COSTA, Dalmo. O Futebol. Gazeta de Leopoldina de 20/01/1944.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »