18/02/2020 às 22h02min - Atualizada em 18/02/2020 às 22h02min

Seminário discute integração das forças de segurança do Estado

Desembargador destaca importância do compartilhamento de informações

Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais
O desembargador Júlio Cezar Gutierrez, o ministro Sérgio Moro e o governador Romeu Zema apostam na integração da segurança pública para reduzir criminalidade

O Governo de Minas Gerais deu mais um passo rumo à integração das forças de segurança públicas nesta terça-feira (18/2), com a realização do seminário que marcou a retomada da metodologia de Integração de Gestão em Segurança Pública (Igesp) no Estado.

O evento contou com a presença do ministro de Justiça, Sérgio Moro, do governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, e do supervisor do Grupo de Monitoramento do Sistema Carcerário (GMF) do TJMG, desembargador Júlio Cezar Gutierrez, representando o presidente do TJMG, desembargador Nelson Missias de Morais. A desembargadora Valéria Rodrigues Queiroz também prestigiou o seminário.

O magistrado destacou que a importância da integração das forças de segurança gira em torno da gestão e do compartilhamento das informações que as Polícias Militar e Civil, o sistema penitenciário e os órgãos federais possuem isoladamente acerca da criminalidade.

“Isoladas, tais informações não resultam em ações articuladas na redução do crime. As ações integradas podem contribuir para planejar estratégias flexíveis à realidade de cada uma das áreas envolvidas no combate à criminalidade”, registrou o desembargador.

O governador Romeu Zema afirmou que a solução dos problemas de criminalidade e violência requer ações rápidas, concentradas e sincronizadas de recursos humanos e materiais.
 

“A alocação desses meios resulta de um processo integrado e contínuo de análise dos dados necessários para subsidiar o planejamento de metas e ações. A participação de vários atores é fundamental para a difusão da metodologia, pois fomenta na comunidade o debate relativo à segurança e à proteção pública cidadã”, registrou.

 

Controle da violência

Em palestra magna, o ministro Sérgio Moro destacou que a conjunção de esforços da União e dos estados é fundamental para que bons resultados sejam alcançados no âmbito da Justiça e da segurança pública, registrou.

O ministro avalia que as iniciativas adotadas em sua gestão, entre elas, o combate às organizações criminosas em três pilares -- prisão, isolamento de líderes e confisco do patrimônio destes --, além de retirar da rua o criminoso violento, estão corretas.

Mas, segundo disse, gera um novo desafio, que é manter ou reduzir os índices de criminalidade. “Nosso trabalho é buscar convergência de políticas duradouras para o controle da violência urbana”, disse.

O ministro Sérgio Moro disse que a meta é manter ou reduzir crimes violentos no País

Em sua apresentação, o secretário de Segurança Pública, general Mário Araújo, disse que há uma queda na criminalidade em Minas Gerais e destacou o desafio de integrar todas as ações das forças de segurança para alcançar os resultados ideais.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »