04/03/2020 às 13h42min - Atualizada em 04/03/2020 às 13h42min

Romeu Zema vai a Brasília em busca de recursos para municípios mineiros afetados pelas chuvas

Governador se reúne com ministro do Desenvolvimento Regional para solicitar agilidade na liberação de dinheiro para auxílio às cidades

SEGOV - Governo de Minas - Central de Imprensa
Foto: Ministério do Desenvolvimento Regional
O governador Romeu Zema se reuniu, na noite desta terça-feira (3/3), em Brasília, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. O encontro serviu para alinhar e integrar as ações de auxílio aos atingidos pelas fortes chuvas que atingiram Minas Gerais entre janeiro e fevereiro deste ano. Zema também solicitou agilidade na liberação dos recursos do governo federal para os municípios mineiros que decretaram situação de emergência em decorrência dos temporais.

No último sábado (29/2), o ministro Rogério Marinho esteve em Minas e, ao lado do vice-governador Paulo Brant, anunciou a liberação de R$ 17 milhões para 35 municípios. Outras prefeituras, no entanto, não tiveram seus planos aprovados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do MDR.

"Os municípios têm encontrado alguma dificuldade, principalmente os pequenos, que não têm estrutura, para solicitar a ajuda, preencher os requisitos. Estamos acompanhando os trabalhos das cidades, fazendo o que está ao nosso alcance, e pedindo que o que puder ser agilizando por parte do ministério seja feito", afirmou o governador, que esteve acompanhado do secretário-geral de Governo Igor Eto, e dos secretários de Governo, Bilac Pinto, e de Planejamento e Gestão, Otto Levy.

Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) está auxiliando as prefeituras na elaboração dos projetos e no preenchimento da documentação necessária para a solicitação do auxílio federal. Os recursos deverão ser destinados a ações de socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais. Ao todo, cerca de 200 municípios mineiros decretaram situação de emergência por causa das chuvas.

“Estamos à disposição, temos condições de fazer as parcerias necessárias que Minas precisar. Temos uma relação muito boa com a sua bancada, uma sinergia e uma afinidade muito grande com os mineiros”, disse o ministro Marinho, que apresentou ao governador alguns dos projetos que estão em elaboração para atender, além dos planos emergenciais, a recuperação das estruturas que foram danificadas.

O governador e o ministro também ressaltaram a importância da tecnologia na comunicação das pessoas para a prevenção de novos desastres. Os órgãos de Defesa Civil nacional e estadual disponibilizam alertas de riscos de tempestades, chuvas de granizo e rajadas de vento, por exemplo.

Represas

Durante o encontro, Romeu Zema ainda aproveitou para apresentar as demandas do Estado em relação ao Lago de Furnas, importante atrativo turístico de Minas. O governador defendeu a importância de se alcançar um nível de capacidade que garanta o atendimento de diversos setores, como turismo, piscicultura e geração de energia elétrica. Zema também lembrou da importância da retomada das obras de outras duas represas no Norte de Minas, em Jequitaí e Berizal, que ajudarão no abastecimento de água e desenvolvimento econômico da região.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »