10/03/2020 às 11h20min - Atualizada em 10/03/2020 às 11h20min

Assembleia e câmaras municipais lançam Parlamento Jovem Minas 2020

Este ano, estudantes de 110 cidades vão debater o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

Na Plenária final do PJ Minas, estudantes ocupam o lugar dos parlamentares e discutem as propostas formuladas nas discussões regionais - Arquivo ALMG - Foto:Guilherme Bergamini
O trabalho nos 110 municípios que participam da edição 2020 do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) já começou. Mas é na sexta-feira, dia 13 de março, às 15 horas, que os presidentes das câmaras municipais estarão na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), juntamente com os deputados, para lançar oficialmente a edição deste ano do projeto que reúne estudantes de todo o Estado. Em 2020, o tema em discussão é Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Estimular os jovens para que conheçam os legislativos mais de perto e para que entendam como eles também podem fazer política são alguns dos objetivos do PJ Minas. O projeto, do qual participam estudantes do ensino médio de todo o Estado, já está em sua 17ª edição. A cada ano, tem a adesão de um número maior de câmaras e de escolas públicas e privadas. O tema a ser discutido é escolhido pelos próprios estudantes, no ano anterior.

O lançamento oficial é também um momento de reafirmar a importância do projeto para as cidades envolvidas e para o próprio Parlamento. O presidente da ALMG, deputado Agostinho Patrus (PV), destaca que os debates, realizados entre os adolescentes e jovens que integram o PJ Minas, se tornaram um instrumento muito eficaz de conscientização desses estudantes. “No Parlamento Jovem, após meses de estudos e discussões, eles sugerem projetos de lei, mas também propõem ações e pontuam a necessidade de fiscalização”, afirma o presidente.

Ainda segundo o deputado Agostinho Patrus, “desde sua criação, em 2004, o Parlamento Jovem tem inspirado estudos e pesquisas em diversas universidades e casas legislativas do Brasil, representando uma constante reflexão a partir da prática participativa desses estudantes”.

O evento de lançamento será realizado no Salão Nobre, na sede da Assembleia Legislativa (rua Rodrigues Caldas, 30 – Bairro Santo Agostinho – Belo Horizonte)

Formação cidadã – O projeto de formação política e cidadã é desenvolvido pela Assembleia por meio da Escola do Legislativo. Além da parceria com as câmaras municipais, tem também o apoio da PUC Minas.

A edição de 2019 do PJ Minas discutiu o tema Discriminação Étnico-Racial, num processo que envolveu 94 câmaras, 353 escolas e cerca de 4 mil estudantes. A cada ano, após a plenária final, o documento que sintetiza todas as discussões é encaminhado à Comissão de Participação Popular da ALMG. O do ano passado continha 16 propostas de ação legislativa. 

Na página do projeto no Portal da Assembleia, estão reunidos diversos materiais que ajudam os participantes a desenvolver suas discussões. Os participantes também podem conferir conteúdos exclusivos nas páginas do Facebook e no Instagram do PJ Minas.
  
Fonte> Assembleia Legislativa de Minas Gerais
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »