13/04/2020 às 18h40min - Atualizada em 13/04/2020 às 18h40min

Campeão de fisiculturismo desabafa: ‘meu histórico de atleta não torna o coronavírus uma ameaça fictícia'’

talo Costa conta que o coronavírus é uma ameaça real até mesmo a pessoas saudáveis e atletas como ele e considera acertada a decisão de adiar os jogos olímpicos de 2020 e o Arnold South America

Hebert Neri / MF Press Global
Grandes competições multiesportivas que aconteceriam no primeiro semestre de 2020 foram adiadas, como as Olimpíadas de Tóquio e o Arnold South America, por conta do covid-19, indicando que o mundo dos esportes tem sofrido modificações profundas.

O atleta e campeão de fisiculturismo WBFF Italo Costa, conhecido como Ken Humano Fitness, acredita que nada será como era antes: “Eu acredito que com o avanço do Covid-19 o mundo nunca mais será o mesmo, principalmente quando se trata de viagens internacionais e grandes eventos. Acho que novos padrões de segurança e talvez até testes rápidos poderão ser implantados daqui em diante.”

Covid-19 e alta performance

Italo considera acertada a decisão de adiar a realização de grandes eventos desportivos: “no mundo dos esportes, principalmente quando falamos em alta performance, temos que levar em conta o preparo, isso significa condições em que seja possível esse preparo em alta performance e no momento atual, seria desleal, perante as condições entre diferentes realidades esse desenvolvimento e preparo para competições. Então em qualquer esporte é de extrema importância o timing.”

Histórico de atleta

Italo Costa acredita que o coronavírus é uma ameaça real, mesmo para aqueles que têm ‘histórico de atleta’: “eu não estou no grupo de risco, tenho histórico como atleta de alto rendimento e meus exames periódicos apontam que está tudo bem comigo. Contudo, ainda que eu teoricamente não sofra consequências mais graves da exposição ao vírus, posso ser um agente de transmissão a outras pessoas, em especial idosos. Então proteção em primeiro lugar. Não é porque eu sou forte, musculoso e atlético que eu sou imbatível. Estou treinando em casa e seguindo as recomendações dos profissionais da saúde.”

Vida pós coronavírus

O atleta acredita em um retorno paulatino das atividades desportivas a partir de 2021, mas já com mudanças implementadas: “Como temos algumas competições de qualificação no fisiculturismo  como por exemplo o Arnold Classic, as classificatórias do Mr Olympia ficam comprometidas e precisam ser revistas. Contudo continua normalmente no cronograma no segundo semestre. Na WBFF o mundial continua no cronograma de agosto em 2020, porém poderá ser cancelado. Contudo, depois do controle dessa epidemia, acho que haverá a implementação de novos protocolos de segurança.”
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »