27/04/2020 às 09h42min - Atualizada em 27/04/2020 às 09h42min

Leopoldina completa 166 anos de emancipação político-administrativa sem comemorações

Por causa da Pandemia do COVID 19, o novo Coronavírus, não acontecem as tradicionais comemorações cívicas e desfiles que marcam a data.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Panorâmica Leopoldina (Foto de João Gabriel Baia Meneghite)
Sem as tradicionais comemorações cívicas que ocorrem na data de seu aniversário de emancipação político-administrativa, o município de Leopoldina chega em 27 de abril de 2020, aos 166 anos.  Seu nome foi adotado quando ocorreu a emancipação político-administrativa  do município, numa homenagem à princesa Leopoldina de Bragança e Bourbon, filha do Imperador Dom Pedro II.

Fundado em 27 de abril de 1854 e instalado em 20 de janeiro de 1855, o Município de Leopoldina, cujo Padroeiro é São Sebastião, possui em torno de 53 mil habitantes distribuídos numa área de 943 quilômetros quadrados. A maior parte de sua população, claro, está localizada na sede encravada entre as ‘Altas Montanhas de Minas’, como cantou o poeta Serginho do Rock.

O Município por sua imensa área territorial faz divisa com outros 12 municípios: Cataguases, Laranjal, Recreio, Pirapetinga, Estrela Dalva, Volta Grande, Além Paraíba, Santo Antonio do Aventureiro, Argirita, São João Nepomuceno, Descoberto e Itamarati de Minas. Além da sede, o Município é composto por mais 5 distritos: Abaiba, Piacatuba, Providência, Ribeiro Junqueira e Tebas.

Leopoldina conta com atrativos culturais, naturais e arquitetônicos, como a Catedral de São Sebastião, o Museu Espaço dos Anjos, o Centro Cultural Mauro de Almeida Pereira, a Casa de Leitura Lya Maria Muller Botelho, o Museu da Eletricidade junto ao reservatório da Usina Mauricio, o Morro do Cruzeiro.

Alguns dos principais eventos que acontecem no município são a Exposição Agropecuária e Industrial, a Feira da Paz, o tradicional Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba e o Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos. Parabéns Leopoldina, nós te amamos!

Fontes pesquisadas> Arquivo do Jornal Leopoldinense e Wikipédia
 
Clique no link abaixo e saiba mais:


História do Município de Leopoldina

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »