28/04/2020 às 16h13min - Atualizada em 29/04/2020 às 09h25min

Waldair Costa analisa medidas adotadas pelo Município contra Coronavírus

Ele reconheceu que se trata de um momento difícil para todos, mas demonstrou otimismo de que as consequências desse período não serão tão impactantes no município em virtude da conscientização de sua população.

Waldair Barbosa Costa, Presidente da Câmara Municipal de Leopoldina
Após a realização das sessões ordinárias previstas para o mês de abril, o Presidente do Legislativo Leopoldinense, vereador Waldair Barbosa Costa, fez uma análise da crise provocada pela epidemia de Covid-19, que obrigou os municípios a adotarem medidas restritivas para evitar a propagação do coronavírus.
 
Embora tenha realizado as seis sessões ordinárias, a Câmara Municipal ainda mantém o impedimento de acesso às reuniões para a população que pode acompanhar os trabalhos legislativos através das transmissões ao vivo pela internet. Também continua vigorando a suspensão do atendimento presencial nas dependências do Legislativo.
 
Em seu segundo mandato de vereador e no primeiro como presidente da Casa, Waldair Barbosa Costa explicou que as medidas tomadas não paralisaram os trabalhos legislativos. “A Câmara não está parada. A tramitação das matérias está ocorrendo de forma normal. Não está havendo nenhum prejuízo à municipalidade”, reforçou.
 
O parlamentar reconheceu que se trata de um momento difícil para todos, mas demonstrou otimismo de que as consequências desse período não serão tão impactantes no município em virtude da conscientização de sua população.
 
Usando o discurso de que a prioridade é cuidar da saúde dos leopoldinenses, Waldair Costa disse que aprovava as medidas adotadas no município. Segundo ele, é preciso prevenir para evitar um mal maior.  “Por ser uma doença nova, não há muitos parâmetros para serem seguidos. Inicialmente, o município adotou as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde, pois, naquele momento, não havia outra alternativa a ser considerada”.
 
Neste momento em que o isolamento social está sendo questionado por setores econômicos e o Governo de Minas anuncia plano gradual para reabertura do comércio, Waldair Costa defende uma avaliação dos procedimentos adotados até agora. “É preciso verificar os resultados obtidos com as medidas, analisando seus aspectos positivos e negativos. Não se trata de abrir mão de todas as medidas, mas, sim, de um aperfeiçoamento, visando alcançar novas metas”, comentou Waldair.
 
O parlamentar opinou que a volta do comércio deve acontecer de forma gradual, por setores, principalmente aqueles que trabalham com recebimento de crediários, adotando um horário reduzido e restrição de acesso às lojas para evitar aglomeração. Além disso, o vereador defendeu o uso das máscaras de proteção facial para os clientes e funcionários.
 
Waldair Costa foi enfático ao afirmar que a volta gradativa do comércio, caso ocorra, não significa acabar com o isolamento. “As pessoas somente deverão ir ao comércio em caso de extrema necessidade. A orientação para que a população permaneça em casa, principalmente idosos e portadores de doenças crônicas, deve ser reforçada”, salientou.
 
O Presidente da Câmara ainda analisou como os reflexos dessa crise poderão afetar as eleições municipais, programadas para outubro desse ano. Segundo ele, é preciso verificar como se dará a evolução da epidemia. O vereador não acredita na possibilidade de adiar as eleições para 2022, adotando a escolha em uma única vez para todos os cargos do país. “Sobre essa hipótese, o próximo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que assume o posto em maio, já se declarou radicalmente contra”, frisou.
 
“O adiamento das eleições somente será oficializado se for aprovada uma Proposta de Emenda à Constituição para unificar as datas das eleições brasileiras. Acredito que se houver um recuo da epidemia até o início da campanha eleitoral, as eleições ocorrerão com algumas adaptações, sem grandes gastos, com estrutura operacional mais modesta, exigindo dos candidatos maior esforço pessoal na luta pelos eleitores”, afirmou Waldair, acrescentando que, pelo calendário eleitoral, a campanha começará em 16 de agosto e o primeiro turno está marcado para 4 de outubro.

Ao final, Waldair Barbosa Costa confirmou que a próxima reunião ordinária da Câmara Municipal acontecerá na segunda-feira, dia 04 de maio, às 18h15min. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »