30/08/2014 às 12h39min - Atualizada em 30/08/2014 às 12h39min

Estelionatário tenta golpe no hospital de Leopoldina

O administrador da Casa de Caridade Leopoldinense, Wolney Aguilar Silva, alerta sobre golpe de estelionatário. (Foto: Silvan Alves)

O administrador da Casa de Caridade Leopoldinense, Wolney Aguilar Silva, enviou e-mail  ao Jornal Leopoldinense Online alertando sobre um golpe que está sendo aplicado por estelionatários. É o seguinte o alerta da CCL:

“Nós fomos alertados pela FEDERASSANTAS sobre o golpe que está acontecendo em torno dos familiares dos pacientes internados no C.T.I., e tomamos a iniciativa de divulgar entre os funcionários e afixar em locais visíveis essa modalidade de golpe que está acontecendo, bem como à mídia local.

Ontem (29/08/14) fomos surpreendidos por uma ligação de uma pessoa que se identificou como ‘Dr. Fulano de Tal’, do SUS; pedindo para falar no C.T.I., e em conversa com o médico, disse que estava fazendo uma conferência de auditoria do SUS para confirmação da ocupação dos leitos do C.T.I. e para isso era necessário a informação dos nomes dos paciente.

O mesmo retornou após uns dez minutos, solicitando à recepção os telefones dos responsáveis pelas internações.

Para nossa tranquilidade, o funcionário sabendo do golpe, orientou-o a ligar após alguns minutos, e me informou os fatos; quando o mesmo ligou novamente, atendi o telefone e a pessoa se identificando como médico, porém não informou o nº CRM, não disse de qual setor do SUS trabalhava, e se tornando ameaçador ao telefone, acabou por desligar.

Após iniciamos uma orientação aos pacientes, o que para nossa surpresa o mesmo já havia entrado em contato com um familiar de uma paciente, solicitando dinheiro para comprar remédio e fraldas descartáveis, sob a alegação que o hospital estava precisando comprar o remédio e não tinha condições; mas a família veio até o hospital para entregar o pacote de fraldas, mas dizendo que não tinha condições de ajudar financeiramente.

Orientamos mais uma vez que toda ajuda ao hospital deve ser feita diretamente à Provedoria, ou através da conta de energia elétrica, para usa deve-se autorizar através da FILIPETA de autorização que se encontra na Casa de Caridade, fora isso, não devem atender às solicitações por telefone de ninguém, e caso ocorra entrar em contato imediatamente com a Casa de Caridade”, finaliza o comunicado.

Clique aqui :http://www.federassantas.org.br/wordpress/?p=4667

VAMOS FICAR ALERTAS EM NOSSA REGIÃO !!!!

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »