02/06/2020 às 13h04min - Atualizada em 02/06/2020 às 13h04min

Ubá: Em reunião com Secretário de Estado, prefeito pede mudança no Minas Consciente

Comunicação Social - Prefeitura Municipal de Ubá
O prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, participou de reunião virtual na manhã desta segunda-feira (1º) com o Secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral Pereira da Silva. Na pauta, o programa Minas Consciente e a solicitação apresentada pelos municípios que integram o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ubá para a mudança nos critérios de análise do plano, substituindo a unidade de avaliação da macrorregião Sudeste para a microrregião de Ubá. Ao final, o representante da SES/MG se comprometeu a enviar uma resposta formal sobre a questão levantada pelos prefeitos até a próxima sexta-feira (05).

A reunião envolvendo a Secretaria de Estado de Saúde foi convocada pelo próprio Governo do Estado, após encontro (também virtual) realizado na última sexta-feira (29) entre prefeitos da região e o Promotor de Justiça Rodrigo Ferreira de Barros (Coordenador regional das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde da Macrorregião Sanitária Sudeste). Na ocasião, após análise do programa e seus resultados, vários prefeitos da microrregião de Ubá manifestaram novamente a insatisfação com os critérios de avaliação macrorregional do Minas Consciente e reforçaram o pedido de mudança no conceito regional de avaliação. "Considero que as reuniões foram muito boas, no sentido da troca de informações proporcionada, da oportunidade que vários de nós, prefeitos, tivemos de nos posicionar e manifestar nossas observações sobre o programa. Deixamos claro que ninguém quer sair abrindo tudo de qualquer maneira. Porém, temos consciência de que os dados de incidência e ocupação da nossa microrregião respaldam nosso posicionamento neste momento. O Estado entendeu o nosso pleito, apesar de defender as regras atuais do programa. Agora nós vamos aguardar esse prazo, conhecer a resposta da SES, para então decidirmos como agir, sempre em conjunto e com responsabilidade", explicou o prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho. 

Todos os representantes dos municípios do Consórcio de Saúde de Ubá, que tem realizado reuniões frequentes para alinhamento, avaliação e discussões de ações futuras, concordaram em aguardar o prazo solicitado pelo Secretário de Estado de Saúde, até a próxima sexta, antes de tomarem novas decisões. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »