10/06/2020 às 16h51min - Atualizada em 10/06/2020 às 16h51min

Prefeitura de Ubá: Comunicado Oficial 88 - COVID/19

Comunicação Social - Prefeitura Municipal de Ubá-MG

Em razão da Pandemia de COVID-19, causada pelo novo coronavirus, a Prefeitura de Ubá atualiza as informações para a imprensa e a sociedade em relação às medidas tomadas e ao quadro da doença na cidade até o presente momento.

- Total de casos confirmados: 84
(Soma dos casos confirmados de COVID-19 em pacientes residentes em Ubá)

- Casos confirmados em acompanhamento: 20
(casos confirmados de COVID-19 cuja condição clínica permanece sendo acompanhada)

- Casos recuperados: 61
(casos confirmados de COVID-19 que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem intercorrências.)

 - Óbitos confirmados: 03

- Óbitos suspeitos/investigados: 0
(soma dos casos de pacientes com suspeita de COVID-19 que vieram a óbito, cujo resultado do exame ainda é aguardado.)

- Casos Notificados: 737
(total de casos analisados, dentre monitorados, confirmados e descartados desde 15/03/20)

- Casos em monitoramento por síndrome gripal: 359
(casos de pacientes monitorados com síndrome gripais que não se enquadram para coleta do teste)

 - Casos em investigação: 13
(casos suspeitos de pacientes aguardando resultado do teste.)

 - Pacientes internados em leito clínico: 5
(pacientes com caso suspeito ou confirmado de COVID-19 que encontram-se internados em leito clínico de isolamento.)

 - Pacientes internados em leito de UTI: 1
(pacientes com caso suspeito ou confirmado de COVID-19 que encontram-se internados em leito de UTI.)


Sobre as novas confirmações:

81° caso: Paciente do sexo masculino, faixa etária de 25 a 30 anos de idade. Veio a óbito. 
82º caso: Paciente do sexo feminino, faixa etária de 20 a 25 anos de idade.
83º caso: Paciente do sexo feminino, faixa etária de 30 a 35 anos de idade.  
84º caso: Paciente do sexo masculino, faixa etária de 70 a 75 anos de idade.  


Esclarecimento:

- O Município de Ubá esclarece que nosso boletim diário informa apenas dados referentes a situação de pacientes RESIDENTES na cidade. Trata-se de protocolo padrão adotado por todos os municípios. 
 

Mudanças no Minas Consciente

Após os pedidos realizados pelos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Ubá, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou que irá realizar a mudança nos critérios de análise do plano, substituindo a unidade de avaliação da macrorregião Sudeste para a microrregião de Ubá. A afirmação foi feita pela Diretora da GRS/Ubá, Aline Almeida, em reunião virtual com os representantes dos municípios, entre eles o prefeito de Ubá Edson Teixeira Filho.

Aline informou ainda que a mudança se dará através da publicação de uma Deliberação, prevista para acontecer até 16/06. Com a alteração no conceito regional de avaliação a expectativa é que Ubá e os demais municípios da microrregião avancem para a Onda Branca a partir da publicação, graças aos índices de ocupação de leitos e outros critérios avaliados dentro do programa Minas Consciente. Destaca-se que somente a partir da publicação da Deliberação pela Secretaria de Estado de Saúde, e em seguida de Decreto Municipal regulamentando a mudança, é que as novas regras começarão a valer. 

"É importante destacar que não buscamos com essa mudança retomar as atividades econômicas de qualquer maneira. Tudo será feito de maneira gradual, conforme as regras do Plano Minas Consciente e as condições básicas de atendimento à população, como número de vagas em hospitais. Nós prefeitos devemos assumir posições similares, não exatamente iguais. Do ponto de vista institucional, o programa Minas Consciente é adequado e nos dá certa segurança e amparo na tomada de decisões. Mas para isso dar certo precisamos que a população responda adequadamente, porque a situação não está sob controle, sabemos que pode haver a interiorização da doença. Não é possível, no momento, uma abertura muito grande", afirmou o prefeito.

 


Fiscalização

Para denúncias: Unidade Integrada de Fiscalização recebe e atende as demandas de denúncias somente online, através do endereço www.uba.mg.gov.br/ouvidoria 


Orientações à comunidade

Façam distanciamento social, através de isolamento domiciliar. Atenção redobrada aos pacientes do grupo de risco.

Se você apresenta sintomas de síndrome gripal, caracterizados por sensação febril ou febre, acompanhada de tosse OU dor de garganta OU coriza OU dificuldade respiratória procure a Unidade Básica a Saúde do seu bairro (segunda a sexta, de 7h às 16h) ou um dos Pronto Atendimentos Municipais 24h, instalados no Hospital São Vicente de Paulo e no Hospital Santa Isabel.  De preferência, use máscara ao sair de casa.

Em caso de sintomas leves: Informe o setor de Epidemiologia ou a Unidade de Saúde mais próxima, permaneça em casa por 14 dias, siga rigorosamente todas as orientações de higiene, não receba visitas, faça repouso, beba bastante água, evite permanecer em ambientes compartilhados da casa, como cozinha/ sala de estar, use máscara.

O contato deve ser feito através da Central de Atendimento Covid-19, que atenderá a população por meio do número 0800 000 2966, das 7h às 19 horas, todos os dias da semana. A Central também atende pelo whatsapp através dos números 3301-6503 ou 3301-6508.

Diversos serviços da Prefeitura tiveram seu atendimento ao público suspenso. No site uba.mg.gov.br, a imprensa e os cidadãos podem acessar um link com perguntas e respostas sobre o COVID-19 em Ubá, além do funcionamento dos órgãos públicos e a relação de todos os decretos e comunicados publicados até o momento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »