08/08/2020 às 11h11min - Atualizada em 08/08/2020 às 11h11min

Tribuna do Povo

Luciano Baía Meneghite e Luiz Otávio Meneghite
Fotomontagem: Luciano Baía Meneghite/Fotos Arquivo jornal Leopoldinense
O jornal foi fundado em 25 de julho de 1987 por Jair Patrocínio Gama, o “Gama Filho” ou “Gaminha” como era mais conhecido.

Caracterizado por notícias de apelo mais popular como ocorrências policiais e de esportes, o jornal também se ancorava em divulgações políticas e notas socias. Por muitos anos promoveu o “Prêmio Imprensa”, uma festa anual no Clube do Moinho em que eram homenageadas pessoas e empresas de Leopoldina e do estado.

Com altos e baixos e as dificuldades da imprensa do interior, Gama Filho, que também teve rápidas  passagens como jornalista na TV Cidade e rádios da cidade,  conseguiu manter a Tribuna do Povo um jornal de boa penetração em todas as camadas sociais por 27 anos.
 

O jornalista também exerceu as funções de diretor de Comunicação do Brasília Country Clube, e de diretor executivo do Sindjori MG. Foi homenageado com  a Medalha do Mérito Leopoldinense e  recebeu diversas homenagens, sendo: da Associação dos Bairros Bela Vista, São Cristóvão e São Sebastião, do E.C. Ribeiro Junqueira, Lions Clube Omar Peres, Medalha do Mérito Legislativo outorgado pela Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais, Mérito Reconhecimento da Polícia Civil, outorgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública de Minas Gerais, diplomas de Colaborador da PMMG, do 21º Batalhão com sede em Ubá, Diploma do Mérito do Comando Geral da PMMG, a nível estadual, e da CEDEC MG, outorgado pelo Gabinete do Governador do Estado de Minas Gerais.

Vítima de infarto fulminante, Gaminha faleceu aos 58 anos em 22 de mais de 2015, deixando viúva a esposa Dora e os filhos Laís e Leonardo.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »