12/08/2020 às 17h19min - Atualizada em 12/08/2020 às 17h19min

Proprietário do ramo hoteleiro de Leopoldina conta como o Estímulo 2020 está ajudando a superar os impactos da crise

Projeto apoiado pela Energisa oferece crédito barato e facilitado a pequenas e médias empresas mineiras.

Comunicação Social Energisa
Proprietário Victor Guilherme Pereira Fernandes do Hotel Minas Tower de Leopoldina
Depois de mais de 11 anos de funcionamento com uma média de 65 hóspedes por dia – o que representa mais de 23 mil visitantes por ano -, o Hotel Minas Tower de Leopoldina (MG) fechou as portas por 70 dias por conta da pandemia do Covid-19. Ao retomar às atividades no final de maio, o proprietário Victor Guilherme Pereira Fernandes se viu diante de uma situação crítica: elevado custo operacional, faturamento reduzido a 1/5, dívidas para serem repactuadas e necessidade de manter os funcionários.  
 
Foi em meio a esse cenário difícil que Victor conheceu o Estímulo 2020, um projeto que oferece crédito barato e facilitado a micro e pequenas empresas de Minas Gerais. “É de fato uma oportunidade de capital de giro, em que o endividamento não é alto. É transparente, com lisura e sem burocracia. Eles me ofereceram possibilidade de crédito equivalente ao meu faturamento médio do ano passado”, conta o empresário. 

 
As vantagens vão além do empréstimo financeiro. Com o apoio do Estímulo 2020, Victor se renova como empresário e o Hotel Minas Tower ganha novidades para satisfazer e facilitar os hóspedes.  “Eles oferecem uma plataforma muito bacana e informativa com foco em marketing digital, ferramentas de estímulo contábil, fiscal e comercial. E abrem um canal permanente de comunicação com quem consegue adesão ao programa. Com isso aprendi muito, trarei inovações para o Minas Tower; percebi que o hotel não oferecia vendas direto ao cliente. Estou investindo em um sistema totalmente automatizado e integrado de vendas on line para que toda a compra seja feita diretamente no site do hotel”, comenta animado. 
 
O Estímulo 2020 pode ser a solução para muitos outros micro e pequenos empresários de Minas Gerais. São mais de R$ 100 milhões de recursos, frutos de doações de empresas como a Energisa e de pessoas físicas. Como confirmou Victor, objetivo é objetivo oferecer capital de giro de fácil acesso. Em uma plataforma totalmente digital, o crédito pode ser acessado no valor equivalente a até um mês de faturamento das empresas, divididas em duas parcelas mensais. Os juros são de 0,53% ao mês e 6,55% ao ano, com carência de 3 meses e pagamento em até 15 vezes. Podem ser atendidas empresas viáveis, com no mínimo 2 anos de atividade, bom histórico e faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões. 
 
“Esta parceria reafirma nosso compromisso em atuar junto à nossa comunidade, desta vez com foco nos pequenos empreendedores que precisam, mais do que nunca, de crédito em condições especiais para manterem os seus negócios. O Grupo Energisa, por meio do movimento Energia do Bem, doou R$ 1,9 milhão à iniciativa Estímulo 2020”, destaca Eduardo Mantovani, diretor-presidente da Energisa Minas Gerais.  
 
Estímulo 2020 
 
O Estímulo 2020 é um movimento espontâneo da sociedade civil criado para ajudar os pequenos negócios a atravessar o período mais agudo da crise. A iniciativa é 100% privada e reúne executivos, empresários, artistas, empreendedores sociais e empresas que contribuíram com os recursos financeiros e vão oferecer gratuitamente todos os conteúdos de capacitação, em temas como Educação Financeira, Gestão, Empreendedorismo, Inovação e Design, entre outros. Inspirada nos relief funds americanos, o Estímulo 2020 é a primeira iniciativa do gênero no Brasil, em que entidades privadas e pessoas físicas oferecem socorro a empreendedores em dificuldades. 
 
O movimento chegou a Minas Gerais numa uma parceria com a FIEMG (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais), que mantém a cooperativa de crédito Sicoob Credfiemg. Para ter acesso ao auxílio financeiro e aos demais benefícios da plataforma, os interessados devem se cadastrar no site (https://www.estimulo2020.org/home-mg/) e completar um curso online de educação financeira. Além de solicitar o crédito, todos poderão consumir gratuitamente os conteúdos da plataforma, que inclui cursos, palestras e atividades de mentoria para os negócios, oferecidas pelos organizadores. Os critérios de concessão consideram indicadores operacionais e histórico das empresas solicitantes. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »