28/08/2020 às 15h50min - Atualizada em 28/08/2020 às 15h50min

Aprovada a autorização para início do Mestrado em Automação e Sistemas no Cefet Campus Leopoldina

O mestrado pretende atrair, dentre outros, engenheiros do setor energético, mínero-metalúrgico, agrícola e industrial.

Enviado por Rodrigo Sales
Campus do Cefet Leopoldina-MG (Foto-João Gabriel Baia Meneghite)
Na terça-feira, 25 de agosto de 2020, o Conselho Diretor (CD) aprovou por unanimidade a autorização para início do Mestrado Profissional em Automação e Sistemas no Campus Leopoldina (PPGAeS – Programa de Pós-Graduação em Automação e Sistemas).

A proposta de mestrado foi aprovada pela Capes em maio de 2020 e passava pelo trâmite interno de aprovação nos conselhos (CPPG, CEPE e CD). Agora o curso seguirá os trâmites operacionais no registro escolar para que, enfim, possa ser criado o site do curso. Até que o site esteja disponível, algumas informações podem ser acessadas AQUI.

O projeto do curso prevê ingresso anual de 20 pesquisadores, sendo dez para cada uma das linhas de pesquisa: Internet das Coisas e Controle, Instrumentação e Sistemas Inteligentes. Integrando as áreas de Engenharia Elétrica e Computação em um projeto interdisciplinar, o mestrado pretende atrair, dentre outros, engenheiros do setor energético, mínero-metalúrgico, agrícola, industrial, etc; profissionais que atuam na prestação de serviços a indústrias; e graduandos em Ciências Exatas de modo geral.

Linhas de pesquisa

Internet das Coisas – Busca o desenvolvimento de ferramentas para automação de processos e análise de grandes volumes de dados, obtidos por meio de sensores. Ainda, o projeto e desenvolvimento de aplicações e serviços IoT de acordo com as demandas da indústria (especialmente nas áreas de energia e agricultura). Em termos de comunicação, nessa linha serão pesquisadas os recursos e limitações de protocolos e sensores, baseados em problemas reais de acordo com a demanda de mercado. Finalmente, a linha abordará as ameaças de segurança a sistemas informatizados e as respectivas técnicas para mitigar essas ameaças.

Controle, Instrumentação e Sistemas inteligentes – Objetiva o estudo e desenvolvimento das áreas de agricultura e energia. Neste contexto, estão contempladas as redes inteligentes (smartgridsmicrogrid), aplicações em agricultura de precisão, controle de processos, otimização e aplicações diversas em inteligência computacional.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »