30/09/2020 às 08h57min - Atualizada em 30/09/2020 às 08h57min

CBA realiza simulado anual de situação de emergência de barragem em Itamarati de Minas

Oito moradores da ZAS participaram do simulado de evacuação em Itamarati de Minas, o que representou 87,5% dos moradores cadastrados.

Simulado CBA Itamarati de Minas - Elisa Rodrigues e Hilda de Lima
A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) realizou o simulado anual de emergência da barragemde Itamarati de Minas, nesta terça-feira (29/9). Devido à pandemia da Covid-19, o simulado foi reformulado para garantir a segurança e a saúde de todos os envolvidos, seguindo as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) de prevenção e de distanciamento social. A solução encontrada pela CBA para realizar o exercício atraiu a atenção da Defesa Civil Estadual, cujo alto comando participou presencialmente para conhecer o modelo adotado.
 
O simulado contou com a participação de moradores selecionados, que percorreram a rota de fuga, localizadas em 8 pontos de encontro, ao ouvir a mensagem emitida pelas 6 sirenes instaladas na região pela Companhia, em 2019: “Atenção, atenção, este é um teste de sirene. Teste da sirene. Teste da sirene. Sirene em teste”. A moradora da comunidade São Lourenço, Elisa Rodrigues, conta como foi a participação no exercício. “O simulado foi bom, bem organizado. A CBA explicou direitinho pra gente sobre o exercício e o caminho está bem sinalizado. Se precisar sair de casa em caso de emergência, temos tranquilidade de ir”.
 
O tenente-coronel da Defesa Civil do Estado de Minas Gerais, Flávio Godinho, destaca a metodologia utilizada no simulado da CBA. “O formato foi inovador. Nós saímos daqui com sentimento de missão cumprida. Foi um simulado muito bem organizado e planejado”.
 
Godinho reforça, ainda, a importância desse tipo de exercício, principalmente para as pessoas que moram próximas de barragem. “É fundamental que a comunidade tenha uma percepção do risco e saiba as suas rotas de fuga e os seus pontos de encontro.Nós tivemos o prazer de participar juntamente com outras forças de segurança, como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e a própria Defesas Civis municipais. Isso traz uma sinergia entre os órgãos para que trabalhem interligados. Todo mundo ganha: população, empresa e órgãos de segurança”.
 
O gerente da CBA na Zona da Mata, Christian Fonseca de Andrade,destaca a relevância do simulado para os moradores inseridos na Zona de Autossalvamento (ZAS), realizado em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais e as Defesas Civis Municipais e Estaduais. A segurança da população é um valor para a CBA. Manter as nossas barragens seguras, cumprir o Plano de Ação de Emergência para barragens de mineração, manter os nossos sistemas de alarme e vídeo-monitoramento ativos 24 horas e a realização desse simulado, em conjunto com a população da Zona de Autossalvamento e dos órgãos competentes, são demonstrações do nosso compromisso com o desenvolvimento da cultura de segurança”, pontua.
 
Christian Andrade completa: “O simulado é um exercício preventivo e educativo realizado anualmente com o envolvimento da comunidade. É fundamental que todos conheçam as mensagens das sirenes, as rotas de fuga e os pontos de encontro para a construção de uma cultura de segurança”.
 
O simulado de emergência da barragem é realizado na Zona de Autossalvamento conforme Plano de Ações Emergenciais para Barragens de Mineração – PAEBM e em alinhamento às práticas de segurança e gestão de barragens, em cumprimento às legislações vigentes (Portaria 70.389/17, da ANM, e Lei Estadual nº 23.291, de 2019). O simulado contou com a participação das Defesas Civis estadual e municipais, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental e equipe da CBA.
 

Simulado CBA Itamarati de Minas - Elisa Rodrigues e Hilda de Lima 
Exercício

Oito moradores da ZAS participaram do simulado de evacuação em Itamarati de Minas, o que representou 87,5% dos moradores cadastrados. Após o acionamento das sirenes, às 10 horas, os moradores deixaram suas casas e percorreram a rota de fuga, devidamente sinalizada com placas informativas até o ponto de encontro mais próximo, também identificado com placa.
 
No ponto de encontro, os moradores responderam à pesquisa que avalia todas as condições do processo, desde a clareza da mensagem divulgada pelas sirenes até o tempo de chegada aos pontos de encontro. A pesquisa também demonstra se o morador teve alguma dificuldade na rota. Todas essas informações serão usadas para aprimoramento das próximas edições do simulado.
 
Barragem Itamarati de Minas

A barragem de Itamarati de Minas, construída em etapa única, iniciou sua operação em 1992, mas atualmente não recebe mais rejeitos, contudo mantém na integra todos os controles e manutenção da barragem.  A CBA prevê reutilizar os rejeitos depositados no reservatório. Para tanto, vem estudando novas rotas para recuperação dos minerais que compõem o rejeito, composto,basicamente,de água, argila, areia e bauxita. 
 
Gestão da segurança

A CBA reforça que possui um sistema robusto de gestão de segurança que garante a integridade física de suas barragens. Esse sistema contempla rotinas de monitoramentos, que são realizados diariamente, semanalmente, quinzenalmente e mensalmente e, posteriormente, encaminhados aos órgãos fiscalizadores; bem como auditorias externas, conduzidas por uma empresa independente especializada e de competência reconhecida internacionalmente, que têm frequência mensal para os monitoramentos, controles e ações e semestral para avaliação geral da barragem.
 
Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio - CBA produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável.Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor

A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br.

Ângelo Franco, Josiane Souza e Rafaela Freitas - Assessoria de Imprensa CBA – Ideia Comunicação
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »