07/01/2021 às 09h23min - Atualizada em 07/01/2021 às 09h23min

Prefeitura de Leopoldina regulamenta atividades comerciais durante Onda Vermelha na cidade

Comércio poderá funcionar em esquema de delivery ou com retirada da mercadoria na porta do estabelecimento

O prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz assinou decreto regulamentando a Onda Vermelha
A fim de regulamentar as atividades econômicas e comerciais em Leopoldina durante a vigência da Onda Vermelha na cidade, o prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz assinou nesta quarta-feira, dia 6 de janeiro, o Decreto 4.784.
 
Através deste documento, o comércio fica autorizado a funcionar em esquema de delivery ou, ainda, através da retirada da mercadoria na porta do estabelecimento, portanto, sem a entrada dos clientes nas lojas. Há também a possibilidade de recebimento de crediário.
 
Restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias, lojas de doces e congêneres, exceto os situados nas rodovias da área territorial do município, poderão atender apenas por meio do serviço de pronta entrega (retirada na porta do local) e delivery. Também não será permitida a entrada e permanência de clientes no interior dos estabelecimentos, nem consumo no local.
 
Neste momento, as Feiras Livres continuam proibidas. A Feira do Produtor Rural poderá funcionar, porém somente às quartas-feiras e aos sábados, observados as medidas de higiene e segurança.
 
Vale frisar que a regressão ou progressão de Onda em cada município de Minas Gerais – incluindo Leopoldina – se dará em observância à classificação/reclassificação das macrorregionais de saúde veiculadas nas deliberações do Comitê Extraordinário COVID-19 do Estado de Minas Gerais.
 
“Após estudos com nossa equipe, e atendendo as exigências do Comitê Estadual, conseguimos regulamentar o funcionamento das atividades durante a Onda Vermelha. Claro que irão funcionar adotando todas as medidas sanitárias necessárias para prevenir e impedir a contaminação do coronavírus”, pontua o prefeito Pedro Augusto.  
 
Fiscalização e orientação
 
A Prefeitura de Leopoldina vai disponibilizar equipes de fiscalização a fim de orientar comerciantes e população sobre as novas medidas de funcionamento do comércio. Neste primeiro momento, o trabalho terá cunho educativo.
 
“A princípio, a fiscalização está incumbida de orientar a todos envolvidos nas atividades econômicas sobre as novas condições de funcionamento. Pedimos que recebam os nossos fiscais. Juntos conseguiremos que esse difícil momento seja breve e que consigamos voltar à normalidade”, frisa o prefeito.
 
Enviado pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Leopoldina
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »