22/01/2021 às 19h15min - Atualizada em 22/01/2021 às 19h15min

Ocorrências com pipa na rede elétrica duplicam em 2020

Ocorrências aumentaram 219% em 2020, se comparado a 2019.Mais de 35 mil clientes ficaram sem energia por causa de pipa na rede.

Comunicação Social Energisa

Janeiro é mês de férias escolares e a prática de soltar pipa, neste período, é comum, o que aumentou devido ao isolamento social, tornando uma distração constante. Desde o início da pandemia, a Energisa passou a registrar aumento nas ocorrências relacionadas a pipa na rede elétrica.  Uma brincadeira que pode trazer sérios problemas para a população como acidentes graves, até mesmo fatais, além de ocasionar danos à rede elétrica, prejudicando diretamente o fornecimento de energia para milhares de pessoas.

 Os números revelam um aumento em mais de 200% nas ocorrências registradas pela Energisa Minas Gerais em 2020, se comparado ao ano anterior. Em 2019, foram 36 ocorrências por pipa na rede, enquanto em 2020 essa quantidade subiu para 115, comprometendo o fornecimento de mais de 35 mil clientes.

 “Felizmente, nenhum acidente de choque elétrico foi registrado até o momento, mas o risco é iminente. Caso a pipa, fique presa aos cabos de energia nunca tente retirá-la. E lembre-se o ideal é soltar pipa em locais abertos e afastados da rede de energia elétrica”, reforça o gerente de Operações da Energisa Minas Gerais, Anderson Rabelo Rosa.

 Por isso, preocupada com a segurança da população, a Energisa preparou algumas orientações importantes:

 

  • Jamais solte pipa próximo à rede elétrica;
  • Não utilize materiais cortantes, como a linha chilena e o cerol;
  • Nunca tente remover a pipa que tenha ficado enroscada na rede elétrica. Apenas os profissionais autorizados pela Energisa, munidos de todos os itens de segurança e treinamentos necessários, podem fazer a manutenção na rede elétrica;
  • Não solte pipa próximo a ruas e avenidas. A linha pode ser perigosa para os condutores, causando, principalmente, acidentes com motos e bicicletas;
  • Não empine pipa em dias de chuvas e relâmpagos;
  • Alerte outras pessoas sobre o risco de soltar pipas sem os devidos cuidados. A conscientização é fundamental para reduzir transtornos e acidentes;
  • Ao verificar pipas presas à rede elétrica, entre em contato com a Energisa por meio dos canais de atendimento.

Energisa vai em campo orientar população

Preocupada com a segurança dos seus clientes, colaboradores da Energisa realizam trabalho diretamente em campo para orientar a população sobre os riscos e perigos de soltar pipa próximo da rede elétrica. Além das orientações, eles também anotam pontos contendo pipas entrelaçadas ou outros indícios de danos na rede nos locais visitados para futuras manutenções corretivas.

A orientação sobre a forma correta e os riscos de soltar pipa perto da rede elétrica também chegou a várias escolas em 2020, por meio de um vídeo que a Energisa divulgou nas redes sociais e que passou a ser compartilhado também nas instituições de ensino. Clique aqui e assista ao vídeo.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »