16/02/2021 às 16h58min - Atualizada em 16/02/2021 às 16h58min

Técnico da Emater revela que setor rural gera mais de 160 milhões para Leopoldina

Cimar Barbosa destacou que o município possui 1500 propriedades rurais, com 950 agricultores rurais e o setor agropecuário gera uma renda anual de R$161.467.600,00

Cimar (Ao centro de camisa branca) atualizou os dados do Município que possui uma área de 943 km
Com o objetivo de explanar sobre a importância do setor agropecuário como gerador de emprego e renda para o município de Leopoldina, Cimar Onofre Barbosa, extensionista da Emater, esteve participando da reunião ordinária da Câmara Municipal de Leopoldina, ocorrida na segunda-feira, 15 de fevereiro.

Atendendo a um convite de José do Carmo Fófano Vieira, Vice-Presidente da Mesa Diretora, aprovado pelos demais vereadores, o extensionista apresentou um diagnóstico do setor agropecuário, discriminando as atividades desenvolvidas no município e o seu respectivo retorno em emprego e renda.

Durante sua explanação, Cimar Onofre Barbosa valorizou a exposição agropecuária e industrial de Leopoldina, a segunda mais antiga do Estado de Minas. Em seguida, atualizou os dados do Município que possui uma área de 943 km², com uma população de 52.532 habitantes, sendo 3700 moradores na área rural e 48.832 pessoas concentradas na área urbana. Leopoldina possui 1500 propriedades rurais, apresentando um número de 950 agricultores familiares.

Em relação à composição do rebanho, foram apresentados os seguintes números: bovinos – 60.695 cabeças; matrizes bovinas – 25.000 cabeças; vacas ordenhadas – 11.550 cabeças; galináceos – 75.200 cabeças; caprinos – 367 cabeças; ovinos – 231 cabeças; suínos – 4.500 cabeças; eqüinos – 1.790 cabeças; búfalos – 112 cabeças.

Cimar Onofre Barbosa explicou que a geração de emprego e renda no setor agropecuário está alicerçada nas seguintes atividades: bovinocultura de leite, pecuária de corte, suinocultura, avicultura, piscicultura, apicultura, eucalipto, café arábica, seringueira, quiabo, jiló, mandioca, banana, laranja, coco, manga, feijão e milho para silagem. O extensionista também destacou outras fontes de recursos da agropecuária, como crédito rural, merenda escolar e Feira Livre do Produtor Rural, totalizando R$161.467.600,00 injetados na economia do município.

No final da explanação, Cimar Barbosa citou alguns eventos e projetos desenvolvidos pela Emater em parceria com os produtores rurais, tais como excursões, distribuição de mudas frutíferas para as famílias rurais, incentivo à construção de barraginhas, palestras em escolas sobre a implantação de hortas, encontro de mulheres rurais, visitas a produtores rurais da região. Também foram apresentadas imagens de propriedades com diversidade de atividades e as fazendas centenárias localizadas no município, as quais representam um enorme potencial de turismo rural.

Em seguida, os vereadores se alternaram em pronunciamentos enaltecendo o trabalho desenvolvido pelo convidado. Foram registradas reclamações sobre a diminuição gradativa do número de extensionistas na Emater e houve um consenso de que a Secretaria de Agricultura precisa ter em seus quadros técnicos especializados para desenvolver projetos rurais e não apenas se limitar a consertar estradas e pontes.

No encerramento do encontro, o Sr. Presidente agradeceu a presença do convidado, reconheceu a importância das informações transmitidas aos vereadores e colocou o Legislativo à disposição da Emater.

Fonte> Portal da Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »