23/03/2021 às 09h24min - Atualizada em 23/03/2021 às 09h24min

Procuradora Geral do Município pede exoneração do cargo, e prefeito aceita

Ato oficial foi assinado na segunda-feira, 22 de março e publicado nesta terça-feira, 23 de março no Diário Oficial dos Municípios Mineiros

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Michele Rocha Côrtes Hazar
A Edição nº 2972, desta terça-feira, 23 de março de 2021, do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, publicou a Portaria nº 226, de 22/03/2021, assinada pelo prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, exonerando, a pedido, a advogada Michele Rocha Côrtes Hazar, do cargo em comissão de Procuradora Geral do Município de Leopoldina.

O cargo é de recrutamento amplo, o que significa que a substituição não precisa, necessariamente, ser feita por funcionário de carreira e pode ser buscado na iniciativa privada. Até o fechamento desta edição ainda não havia sido divulgado o nome do novo Procurador, cujo salário é de R$6.947,44 em valor bruto sem os descontos legais e não sofreu reajustes nos últimos quatro anos.

O ato oficial foi embasado nas atribuições conferidas ao Chefe do Poder Executivo pela Lei Orgânica do Município de Leopoldina, mas não traz explicações além de que a exoneração ocorreu a pedido da advogada. 

O Jornal Leopoldinense apurou que Michele Rocha Côrtes Hazar é natural de Juiz de Fora mas teria vindo de Belo Horizonte para integrar o Governo Municipal de Leopoldina. Segundo sua página no Facebook ela teria estudado na PUC Minas com Mestrado na FUMEC e experiência profissional na Câmara Municipal de Juiz de Fora e na Kaheler & Pereira Advogados Associados.

Fonte> Diário Oficial dos Municípios Mineiros e Facebook


 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »