03/04/2021 às 09h23min - Atualizada em 03/04/2021 às 09h23min

Mais de 1 milhão de vacinas chegam a Minas para idosos acima de 65 anos

Doses serão encaminhadas às 28 Unidades Regionais de Saúde e, posteriormente, chegarão aos municípios, que são os responsáveis pela aplicação das vacinas.

Agência Minas
Foto de Lila Alves
Minas recebeu na noite de quinta-feira 1º de abril, mais de 1 milhão de novas doses de vacinas contra a covid-19. O décimo primeiro lote recebido pelo estado contém 943.400 doses da Coronavac e outras 73.250 da AstraZeneca - totalizando 1.016.650 doses. 

Além de ampliar a vacinação para idosos entre 65 e 69 anos, o carregamento irá permitir o início da imunização de profissionais das Forças de Segurança que atuam na linha de frente do combate à pandemia; incluídos como prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI) do governo federal a pedido do governador Romeu Zema. 

De acordo com a Nota técnica nº297/2021, do dia 31/3/21, do Ministério da Saúde (MS), ficou estabelecido a antecipação do envio de um quantitativo de doses de vacinas de maneira escalonada e proporcional, direcionado exclusivamente para a vacinação dos profissionais das Forças de Segurança, Salvamento e Forças Armadas. 

No grupo prioritário das Forças de Segurança estão os trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, resgates e atendimento pré-hospitalar, ações de vacinação contra covid-19, ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independentemente da categoria. Demais profissionais que não se enquadram nas atividades de linha de frente deverão ser vacinados conforme andamento da campanha nacional de vacinação contra a covid-19.

Solicitação 

O pedido de inclusão dos profissionais da área de Segurança como prioridade na vacinação foi feito pelo governador Romeu Zema durante a primeira reunião do Comitê Gestor Nacional de Enfrentamento da Pandemia de covid-19, na última sexta-feira (26/3). Zema também solicitou prioridade no calendário para os professores.

A criação do comitê nacional foi oficializada no dia 25 de março. O grupo é formado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, além dos presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco; sendo este o responsável por receber as demandas dos governadores no combate à pandemia e apresentá-las ao comitê. 

Doses 

O décimo primeiro lote de imunizantes para a população mineira veio de caminhão, de São Paulo, diretamente para a Central Estadual da Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas. As doses serão encaminhadas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URSs) do Estado, e, posteriormente, chegarão aos municípios, que são os responsáveis pela aplicação das vacinas.

Segundo a orientação do PNI, as doses da CoronaVac serão utilizadas para iniciar a imunização de 6% dos profissionais das Forças de Segurança, conforme determinado pelo Ministério da Saúde. Elas também serão utilizadas para aplicar a primeira dose em 1,26% da população entre 65 e 69 anos.  Também como segunda dose em 7% dos trabalhadores da Saúde, 87% da população entre 75 e 79 anos, e 80,4% da população entre 70 e 74 anos. 

Já os imunizantes da AstraZeneca serão aplicados como segunda dose para 10,2% aos trabalhadores da Saúde.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »