04/07/2021 às 13h49min - Atualizada em 04/07/2021 às 13h49min

Padre Marcelo Barros se despede de Leopoldina e recebe homenagens

Edição: Luciano Baía Meneghite
Foto: Paróquia Nossa Senhora do Rosário-Facebook
Padre Marcelo Barros, até então Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na última sexta-feira, 02 de julho, foi oficialmente nomeado pelo Bispo da Diocese de Leopoldina, Dom Edson Oriolo, como Pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Capelão da Fundação Cristiano Varela no município de Muriaé.

Marcelo Sérgio de Barros nasceu em 16 de maio de 1975 no município de Guidoval, mas passou grande parte de sua vida na vizinha Cataguases. Formado em Filosofia pela PUC de Belo Horizonte, Teologia pelo CES de Juiz de Fora e Pós-Graduado em Ciências da Religião pela PUC-BH. Foi ordenado padre em 2004 e já exerceu seu ministério em Cataguases e Muriaé.

Muito popular e com maneira direta de se comunicar, padre Marcelo conquistou a admiração de muitos leopoldinenses, sem deixar de ser bem crítico ao que julgava estar errado na sociedade e na própria administração do município.

A Paróquia do Rosário publicou em suas redes sociais a seguinte mensagem:

“A minha vocação é me doar; e por amor darei o meu melhor. Pois o senhor que um dia me chamou, quer que eu seja luz para as nações.”

É difícil este momento de transferência, mas sabemos que o PADRE foi ordenado para o serviço da Igreja, não somente para uma paróquia. Com certeza deixará vários ensinamentos, seu zelo e cuidado pela Eucaristia e pela Igreja nos surpreende a cada dia e surpreenderá as comunidades que irão te receber.


Entre as muitas mensagens de fieis dirigidas ao religioso, chamou a atenção um vídeo acompanhado de mensagem de Laurinha Queiroz.

Com informações da Paróquia do Rosário, Diocese de Leopoldina, Câmara Municipal de Leopoldina e Laurinha Queiroz
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »