21/09/2014 às 15h44min - Atualizada em 21/09/2014 às 15h44min

Miraí realiza primeiro casamento gay de sua história

Tatiani a esquerda e Lumara a direita se casaram no dia 11 de setembro em Miraí. (Foto-Hernani Barroca)

Tatiani Arcanjo de Oliveira, de 33 anos, e Lumara Kery Rodrigues, de 22, oficializaram no dia 11 de setembro a união no cartório civil de Miraí, sendo as primeiras a realizarem um casamento homoafetivo no município de pouco mais de 14 mil habitantes.

Elas se conheceram há quase 3 anos, através do Facebook. Tatiani é pedagoga em Miraí, tem uma filha de 13 anos e Lumara morava em Araxá, no Alto Paranaíba em Minas Gerais, há mais de 650 quilômetros de Miraí e tem uma filha de 4 anos. Segundo elas as filhas aceitaram bem a união das duas.

Após dois meses de amizade pela rede social, Lumara resolveu ir em Miraí para conhecer Tatiani pessoalmente e de lá pra cá o relacionamento começou e foi ficando mais sério, até que em dezembro do ano passado, Lumara pediu Tatiani em casamento.

Elas venceram juntas a distância, o preconceito e a contrariedade de alguns familiares que acabaram aceitando, mas embora Miraí seja uma cidade pequena, não tiveram conhecimento de muitas fofocas.

Além de assinarem os papéis no cartório, elas fizeram questão de realizar uma festa com direito a vestido de noiva, decoração e troca de alianças.

Com informações do G1-Reproduzido do site Mídia Mineira, de Cataguases


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »