27/07/2021 às 13h18min - Atualizada em 27/07/2021 às 13h18min

Elza Gama Peres

Por Luiz Otávio Meneghite e Luciano Baía Meneghite
Álbum de família.
Elza Gama Peres nasceu em Leopoldina, em 22/10/1932, filha de Francisco Gama de Oliveira e Carlota Mendonça Gama. Estudou no então Grupo Escolar Ribeiro Junqueira, onde cursou as 4 primeiras séries e depois foi para o Colégio Imaculada até o Magistério. Desde muito jovem, Elza dedicava seu tempo a causas em que ela acreditava. Foi devotada catequista. Casou-se com o saudoso Dermeval Resende Peres e teve 3 filhos: Rogério, Maria Célia e Fernando. O empenho na criação das crianças ainda lhe deu mais fôlego para minimizar o sofrimento dos que lutam com mais dificuldade. Foi participante ativa do, MAS-Movimento de Assistência Social - em parceria com a Diocese de Leopoldina. Empenhou-se com todo afinco para trazer o Movimento das Pioneiras Sociais. Conseguiu seu intuito e as mulheres leopoldinenses há muito tempo podem fazer gratuitamente excelentes exames na prevenção do câncer.


D. Elza ao centro com as pioneiras da APIL  (Fotografia - Facebook/Lucilia Paixão)

A criação da Feira da Paz
 
Em 1989 Elza Peres teve a idéia de realizar uma Feira das Nações em Leopoldina. Dra. Beatriz Freire, primeira dama na época, encampou o projeto e criaram a FEIRA DA PAZ, de comidas típicas, shows e artesanatos, envolvendo toda a comunidade e inteiramente beneficente. Presidente da APIL - Associação das Pioneiras de Leopoldina, Elza Peres, de temperamento alegre, fazia questão de realizar festas, para ajudar com alegria. Foi presidente da Creche do Lactário e da Creche Rosa Mística. Nesta iniciou a construção, instalação e funcionamento. Instituiu a NOITE DE LUZ, uma mostra de mesas de Natal, evento belíssimo no calendário festivo da cidade. Tudo em prol do bem-estar e saúde dos semelhantes. A APIL reparte seus recursos entre o Asilo Santo Antônio, a APAE, a Casa de Caridade Leopoldinense, ao grupo Levanta de Novo e a quantos, de forma especial, precisam da entidade. Elza Peres sempre dizia querer mais e mais, porque são muitos a ajudar.


D. Elza e Ilka Paixão (De Papai Noel) distribuindo presentes no bairro Serra Verde (década de 1990) (Fotografia gentilmente cedida por Lucília Paixão)




A Carnavalesca

D. Elza estava sempre presente nas festas da cidade. Em 1954 foi escolhida Rainha do Centenário de Leopoldina. Com grande amor pelo carnaval, participava de bailes e desfiles. Na década de 1990, quando muitas agremiações carnavalescas de Leopoldina deixaram de desfilar, criou com um grupo de amigos o bloco "Só Falta Você" que por mais de dez anos abrilhantou nosso carnaval.


Década de 50 - Bloco de Odaliscas,nas escadarias do antigo Fórum. Gilda Ienaco, Elza Gama, Ceres Villas, Julinha Barbosa, Doca, Clice, Hosana Villas,Lele Pimentel, Maria Edith Domingues, Laís Amaral (Dada), Maria Aparecida Portugal, Consuelo de Castro. (fotografia gentilmente cedida por Elza Gama Peres)


Bloco Só Falta Você - 2006 (Foto: Luciano Baía Meneghite/Arquivo)
 
D. Elza faleceu em 05 de outubro de 2019, às vésperas de completar 87 anos.
   
O velório foi realizado na Capela Mortuária Lions Clube e o sepultamento ocorreu às 16h30min no Cemitério Público Municipal Nossa Senhora do Carmo, em Leopoldina.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »