10/08/2021 às 13h37min - Atualizada em 10/08/2021 às 13h37min

Julius Cezar pede a inclusão de Leopoldina no Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares

Vereador apresentou indicação ao prefeito Pedro Augusto para que ele estude a possibilidade de adesão do Município ao programa do Ministério da Educação.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Foto de Antonio Cruz-Agência Brasil
O vereador Julius Cezar Pereira da Silva, teve indicação de sua autoria aprovada pela Câmara Municipal de Leopoldina e encaminhada ao prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, para que seja estudada a possibilidade de adesão do Município de Leopoldina ao Programa Nacional das Escolas Cívicos-Militares.

Segundo o parlamentar, trata-se de uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares. A proposta é implantar 216 Escolas Cívico-Militares em todo o país, até 2023, sendo 54 por ano.         

De acordo com Julius Cezar, o modelo a ser implementado pelo Ministério da Educação tem o objetivo de melhorar o processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas e se baseia no alto nível dos colégios militares do Exército, das Polícias e dos Corpos de Bombeiros Militares.

Os militares atuarão no apoio à gestão escolar e à gestão educacional, enquanto professores e demais profissionais da educação continuarão responsáveis pelo trabalho didático-pedagógico.

Segundo a indicação apresentada pelo vereador Julius Cezar no dia 2 de agosto, as escolas que desejarem participar do programa precisarão manifestar interesse junto à Secretaria de Educação que conduzirá um processo de escolha.

Fonte> Indicação nº 740/2021 protocolada na Câmara Municipal de Leopoldina

Matéria relacionada:


Kélvia propõe adesão de Leopoldina ao Programa Escola Cívico-Militar do Governo Federal

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »