09/09/2021 às 11h22min - Atualizada em 09/09/2021 às 11h22min

Com o apoio do Núcleo Operacional de Leopoldina, Copasa apresenta Tarifa Social a Laranjal e Palma

Os participantes também foram informados sobre outras iniciativas desenvolvidas pela Companhia em prol do cidadão.

Nesta semana, a Copasa apresentou detalhes da Tarifa Social para representantes do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e das secretarias de Assistência Social dos municípios de Belmiro Braga, Eugenópolis, Laranjal e Palma, situados na Zona da Mata, no âmbito da Gerência Regional Ubá. O objetivo da apresentação foi sensibilizar a municipalidade para que a Tarifa Social chegue às famílias elegíveis, mas que ainda não usufruem do benefício e, com isso, viabilizar cidadania, saúde e bem-estar à população em situação de vulnerabilidade social.
  
O evento foi realizado pela equipe da Unidade de Serviço e Apoio Administrativo (USAS), com o apoio do Núcleo Operacional de Leopoldina e da Unidade de Responsabilidade Social (RESO) da Copasa. Além da Tarifa Social, os participantes também foram informados sobre outras iniciativas desenvolvidas pela Companhia em prol do cidadão.  
 
As iniciativas apresentadas foram: Programa de Destinações dos Empregados da Copasa para o Fundo da Infância e da Adolescência (Confia em 6%); Programa de Subvenção da Copasa; e Programa de Apadrinhamento; Projeto Solidariedágua, criado pela Copasa com o objetivo arrecadar contribuições voluntárias nas contas de água da Companhia para hospitais sem fins lucrativos e beneficentes, comprovados por meio de certificação oficial emitida pela Secretaria de Estado de Governo ou Conselho Municipal de Saúde ou órgão federal competente.  
 
Os participantes conheceram também a Resolução 110 da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), que estabelece o mecanismo de reconhecimento tarifário do repasse de parcela da receita direta dos prestadores regulados pela Arsae-MG a fundos municipais de saneamento. A divulgação desse trabalho social é orientada pela Resolução n° 141, de 01/11/2020, da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG).  
 
Tarifa Social  

A Tarifa Social é um programa que visa reduzir o valor da conta de água da população carente e funciona como um mecanismo de responsabilidade social. Ela está alinhada aos cumprimentos dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), com foco principal no objetivo n° 06, que trata da disponibilização de água potável e de esgotamento sanitário. Com a revisão tarifária em 2017, ficaram alinhadas as faixas de consumo e a tarifa fixa medida em metros cúbicos (m³), existindo a possibilidade de descontos na conta, que podem atingir até 50%.  
 
Podem recorrer ao benefício clientes com 16 anos ou mais, cadastrados no CadÚnico, que sejam chefes de família e tenham renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo. Para solicitar o benefício, o cliente precisa ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua cidade e apresentar CPF ou Título de Eleitor, documento de identificação de cada membro da família que more na mesma casa, comprovante de renda e comprovante de residência.
  
Feito o cadastro, o cliente deve agendar um horário ou acessar o site da Copasa (www.copasa.com.br), portando RG, CPF, Folha de Resumo CadÚnico atualizada e última conta de água/esgoto do imóvel onde ele reside e se cadastrar.  

Fonte> Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »