14/09/2021 às 08h37min - Atualizada em 14/09/2021 às 08h37min

Rodrigo Pimentel deixa a direção da Doctum Leopoldina

Após 2 anos e meio ele foi substituído pela até então gerente Valéria Marinato Crespo.e vai se dedicar mais às funções de professor, advogado e vereador.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Rodrigo(c) se despediu da direção no dia que a Dotum completou 20 anos em Leopoldina
O professor, advogado, vereador e presidente do PV em Leopoldina acaba de deixar voluntariamente a direção da Unidade Doctum de Leopoldina, em 11 de setembro, exatamente no dia em que ela completou 20 anos de instalação na cidade. Ele foi substituído pela até então gerente Valéria Marinato Crespo.
 
Em seu discurso de despedida ele assim se manifestou: “É chegado o dia da minha despedida da direção da unidade de Leopoldina. Sinto-me muito honrado e feliz de ter ocupado esse cargo durante quase 2 anos e meio. Mais do que com a sensação do dever cumprido, saio com o sentimento de gratidão. Gratidão pelas amizades e companheirismo adquiridos nesse tempo, pelo crescimento pessoal e profissional que a instituição me possibilitou. Foi transformador liderar essa equipe maravilhosa e poder ensinar e aprender com vocês. Serei sempre grato por isso. Hoje encerro esse ciclo, logo numa data tão importante e alegre para a unidade, os 20 anos de sua existência, uma feliz coincidência. Foi uma honra e felicidade para mim trabalhar com esse time. O sucesso dessa gestão só foi possível graças ao trabalho de cada um da equipe, sem exceção. Fico na torcida pelo sucesso na continuidade dos trabalhos, desejando a todos vocês que conquistem seus objetivos e realizem seus sonhos. Que fique na memória de cada um os bons momentos que passamos juntos e as vitórias que conquistamos. Levarei vocês sempre comigo e saibam que estarei à disposição quando precisarem. Agradeço a todos os alunos e ex-alunos que conviveram comigo, desejando sucesso a todos. Como diz o provérbio chinês, “um pouco de perfume sempre fica nas mãos de quem oferece flores”. Hoje eu levo e deixo um pouco do perfume das “flores” que aqui plantei e cultivei. Ah, e não se esqueçam, como eu sempre digo: “no fim, tudo dá certo. E se não deu, é porque ainda não chegou no fim.” Sentirei saudades de todos. Obrigado por tudo” , finalizou Rodrigo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »