29/09/2021 às 17h12min - Atualizada em 29/09/2021 às 17h12min

Bispa evangélica e espiritas se unem em Festa de Cosme e Damião contra intolerância religiosa

Luciano Baía Meneghite
Inês Braga Lima, Edvaldo, Claudinha Machado e Bispa Selma (Foto: Facebook Roberta Braga Lima)
A liberdade de culto é garantida pela Constituição brasileira, mas a cada ano percebe-se um aumento da intolerância religiosa com ataques mútuos entre fiéis de diferentes credos.  Alguns desses episódios tem terminado com violência física e até mortes. A ignorância e o fanatismo muitas vezes começam estimulados por alguns líderes religiosos contra crenças alheias.

Entre as manifestações que sempre sofreram ataques estão a distribuição de doces no dia de São Cosme e São Damião, comemorado pela igreja Católica no dia 26 de setembro e que com o sincretismo das religiões afro-brasileiras são associadas aos ibejis e eres, sendo comemorado por estes no dia 27 de setembro.

Nos últimos anos diminuiu bastante a tradicional distribuição de balas e doces por fiéis e pessoas que veem a festa também como parte do folclore. Uma das festas que ainda mantem a tradição é a realizada na rua Adalto Neto no bairro Jardim dos Bandeirantes. Organizada há cinco anos por Roberta Braga Lima, sua mãe Inês, contando também com o vereador e Babá Edvaldo e diversos colaboradores.

Este ano, chamou a atenção, a participação da Bispa Selma Fernandes da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal. Sua presença e oração que realizou gerou muitos comentários nas redes sociais. Muitos aplaudindo a atitude e outros questionando a  sua fé.

Independente do credo e de questionamentos variados o que chamou a atenção novamente foi a agressividade de alguns que, no entanto, ficaram só nos comentários.

Em suas redes sociais Roberta Braga Lima se manifestou a respeito:

“Se você vê algo de errado nessa união por sorrisos, vá se tratar e vencer seu Preconceito. Você está DOENTE. União espírita, evangélica e católica em comunhão por sorrisos constantes. O AMOR UNE !”

O vereador Edvaldo (PT) se manifestou no plenário da Câmara Municipal:

“Quero parabenizar a Roberta Braga e a Bispa Selma. Quando a gente fala que o Deus é único... eu sou representante da Umbanda, ocupo lugar de Babá de Santo e hoje tive com a Bispa Selma fazendo uma oração abençoando uma festa de Cosme Damião e Doum em prol de todas as crianças. Isso prova para pessoas que são leigas que não existe o Deus do Evangélico, o Deus do Católico, Protestante ou do Umbandista ou de quem mexe com candomblé. Deus é único...”
 
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »