08/12/2021 às 10h53min - Atualizada em 08/12/2021 às 10h53min

Livro escrito por Yussef Campos e pelo líder indígena Ailton Krenak é lançado

Trabalho é composto por três textos que apresentam um enfrentamento à monocultura simbólica que as culturas hegemônicas tentam impor ao ser humano e ao planeta

O professor da UFG-Universidade Federal de Goiás Yussef  Daibert Salomão de Campos, acaba de lançar um livro em coautoria com o pensador e liderança indígena Aílton Krenak a partir de um depoimento para a tese de doutorado sobre a instituição do conceito de patrimônio cultural no Brasil com a Constituição de 1988.

O diálogo entre o historiador Yussef Daibert Salomão de Campos e o líder indígena Ailton Krenak ampliou-se para questionamentos mais profundos sobre a vida do planeta, e resultou neste livro composto por três textos que apresentam um enfrentamento à monocultura simbólica que as culturas hegemônicas tentam impor ao ser humano e ao planeta.

O primeiro texto é uma entrevista feita por Yussef Campos com Ailton Krenak em 2013, para a sua tese de doutoramento; o segundo é a transcrição de uma fala de Krenak na Universidade Federal de Goiás, após a tragédia do estouro da barragem da Samarco, em Mariana; e o último é um ensaio de Campos que parte do gesto de guerra e luto de Krenak ao pintar o rosto de jenipapo diante do Congresso Nacional, como forma de protesto às deturpações das reivindicações definidas em consulta pública durante a Constituinte.

Yussef tem fortes ligações afetivas com Leopoldina onde passou a infância e adolescência estudando o básico e o fundamental no Colégio Imaculada Conceição. Ele é filho da saudosa médica Dra. Maria Consuelo e do médico Dr. Iano Salomão de Campos, ainda residente em Leopoldina.

Para maiores detalhes acesse o link: https://editorajandaira.com.br/products/lugares-de-origem

Serviço:Editora Jandaira
AutoresAilton Krenak e Yussef Campos
ISBN13: 9786587113692
Edição: 1ª
Número de páginas: 112
Acabamento: brochura
Formato: 12 x 20 cm

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »