19/12/2021 às 11h44min - Atualizada em 19/12/2021 às 11h44min

Reajuste no benefício de aposentados e pensionistas do INSS deve ser de 10% em janeiro

O salário mínimo passará de R$ 1.100 para R$ 1.220,56 a partir de janeiro do ano de 2022

Jornal Contábil
Agência do INSS em, Leopoldina (Foto: Luciano Baía Meneghite)
O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai reajustar os benefícios pagos aos segurados a partir de janeiro de 2022. Com o avanço da inflação e alta dos preços, o valor do piso nacional terá um reajuste histórico, no entanto, ainda não será um ganho real.

O piso nacional tem como base para reajuste o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) que mede a inflação no país. Atualmente a projeção para esse índice está em 10,96% em 12 meses.

Isso significa que o salário mínimo passará de R$ 1.100 para R$ 1.220,56 a partir de janeiro do ano que vem. Desta forma, os segurados que recebem um salário mínimo, vão receber a partir de 25 de janeiro de 2022 um valor de R$ 1.220,56. Lembrando que a legislação proíbe o INSS pagar benefícios com valores abaixo do salário mínimo.

Os segurados que recebem acima do piso nacional, para saber qual será o valor reajustado, basta verificar o valor bruto do benefício sem desconto e aplicar uma alta de 10,96%. Assim será possível você identificar o valor do seu benefício a partir de janeiro.

Quando começa a ser pago os benefícios com o novo valor?

De acordo com o calendário divulgado pelo INSS para 2022, os segurados vão começar a receber o benefício com valor reajustado a partir da folha de pagamento que será liberada a partir de 25 de janeiro de 2022. Já os segurados que recebem acima de um salário mínimo, o benefício com reajuste começa a ser pago a partir de 1° de fevereiro do ano que vem.

Confira o calendário do INSS para 2022

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »