05/01/2022 às 11h19min - Atualizada em 05/01/2022 às 11h19min

Bloco caricato Bão Igual Bosta não irá desfilar, mesmo se houver carnaval em Leopoldina

Bão Igual Bosta na Praça do Urubu (Foto: João Gabriel Baía Meneghite )
Luciano Baía Meneghite

Apesar da Prefeitura de Leopoldina ainda não ter se manifestado oficialmente sobre a realização ou não do carnaval 2022, o bloco caricato Bão Igual Bosta, um dos maiores da região, pelo segundo ano consecutivo não irá desfilar.

O Bloco que retomou a  tradição dos bonecos gigantes, tão antiga em Leopoldina quanto em Pernambuco, chega a reunir por volta de 3.000 foliões que descem o morro dos Pirineus em direção à Praça do Urubu, percorrendo ruas da cidade ao som de sambas e marchinhas.  Caracterizado também por engraçadas fantasias de muitos participantes.

Diante das incertezas quanto a pandemia e com a cobertura vacinal ainda insuficiente, qualquer pessoa de bom senso não deve mesmo realizar ou participar de nenhum grande evento festivo nos próximos meses. 

Como um dos organizadores e representante do bloco, digo que estamos acompanhando as recomendações dos órgãos de saúde e no momento ninguém tem segurança de que será possível a realização plena do carnaval 2022. Muitas cidades já o cancelaram oficialmente. Outras falam em adiamento para o meio do ano, o que não é a solução ideal.

A preservação de vidas é mais importante que qualquer coisa.

Nossa posição nada tem a ver com a de alguns notórios negacionistas, que cinicamente fazem campanha pelo cancelamento do carnaval, não por preocupações com a saúde, mas por razões políticas e religiosas. 

Respeitamos os que não gostam e não participam do Carnaval. É um direito. Só que alguns destes se pudessem o cancelariam para sempre, por pura ignorância. Alguns desvios ocorrem em qualquer movimento em que se juntem muitas pessoas, mas podemos dizer com orgulho que em 16 anos de existência do nosso bloco, mesmo reunindo milhares de foliões, nunca foi registrado nenhum incidente grave. Não vamos agora “queimar nosso filme” diante dos riscos ainda existentes.

Até 2023!


Bão Igual Bosta descendo o Pirineus (Foto: João Gabriel Baía Meneghite)

 


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »