29/09/2014 às 16h29min - Atualizada em 29/09/2014 às 16h29min

Pimenta pede comparação entre modos de governar

Hoje em Dia
Governador Alberto Pinto Coelho, Pimenta da Veiga e Antonio Anastasia ( Nereu Jr./Divulgação )

Candidato ao governo de Minas Gerais pelo PSDB, Pimenta da Veiga, recebeu, neste domingo, em São João del Rei, o reforço do senador Aécio Neves, em campanha pela Presidência da República. Após ato político, Aécio aproveitou para batizar os dois filhos recém-nascidos, Júlia e Bernardo. A igreja escolhida foi a basílica de Nossa Senhora do Pilar, onde o avô, ex-presidente Tancredo Neves, e a filha mais velha, Gabriela, foram batizados.

Aécio e Pimenta tentam tirar, na terra natal, a diferença que os coloca atrás dos adversários na corrida pelo Palácio do Planalto e Tiradentes, respectivamente.

O senador fez um duplo apelo: pediu aos mineiros que o coloquem na frente e que elejam Pimenta da Veiga, seu amigo e ex-ministro que ele próprio escolheu para defender os quase 12 anos do PSDB no comando do Estado.

Já Pimenta citou dois fatos que retardaram o posicionamento dos eleitores para que o PSDB liderasse em regiões onde seus governos foram bem avaliados: a
realização da Copa do Mundo e a morte de Eduardo Campos (PSB).

Ele voltou a atacar o PT, estratégia da campanha tucana. “É preciso comparar os tipos de governos, que são absolutamente diferentes. Um é o jeito do PT, que governa pensando no partido, sem nenhuma preocupação com o destino do Estado. De outra parte, o nosso governo. Vamos dar seguimento às transformações iniciadas em Minas”, disse Pimenta.

O candidato acredita em uma virada nesta última semana. “Estou convencido de que nesta semana nós haveremos de assumir o primeiro lugar e vamos ganhar as eleições. E vamos trabalhar ininterruptamente até o último momento do dia 5”, completou.

Nesta segunda-feira (29), Aécio retorna a Minas para campanha conjunta com Pimenta da Veiga. Eles vão a Uberaba e Belo Horizonte.  

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »