12/01/2022 às 20h49min - Atualizada em 12/01/2022 às 20h49min

Prefeito se reúne com SINSERPU e apresenta proposta de reajuste salarial

A proposta leva em consideração a realidade inflacionária e as projeções apresentadas pela Câmara Municipal no âmbito do orçamento municipal.

Com informações de Eder Rufino Alves (*)
A reunião aconteceu no gabinete do prefeito
O prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, se reuniu na tarde desta quarta-feira (12), em seu gabinete, com representantes do SINSERPU-Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Leopoldina e apresentou proposta de reajuste salarial para o ano de 2022.
 
A proposta leva em consideração a realidade inflacionária e as projeções apresentadas pela Câmara Municipal no âmbito do orçamento municipal.
 
Foi proposto:
 
-Abono de 43% a ser pago em uma única parcela junto a folha de janeiro de 2022. Abono este, não extensivo aos professores, e aos ACE e ACS, que já foram beneficiados em política própria em termos semelhantes;
 
- Ajuste de 14% a ser pago já no mês de janeiro de 2022;
 
- Em março de 2022, na data base fixada na Lei Orgânica Municipal, será concedido novo reajuste correspondente a inflação a ser apurada em janeiro e fevereiro de 2022 pelo IPCA/IBGE.
 
- O auxílio alimentação a vigorar no ano de 2022 será de R$ 430, 00.
 
"A Prefeitura de Leopoldina, durante o ano de 2022 se compromete a enviar a câmara municipal a proposta de mudança de Lei Orgânica para antecipar a data base para janeiro, coincidido com data base do reajuste do salário mínimo.Estamos atentos as demandas dos nossos servidores e queremos propor melhorias em todos os aspectos. Nossa gestão tem feito esforços contínuos para valorizar os funcionários da prefeitura", disse o prefeito.
A proposta foi aceita pelo sindicato.
 
(*) Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »