02/03/2022 às 10h42min - Atualizada em 02/03/2022 às 10h42min

Momento de oração será realizado diante do monumento de Nossa Senhora da Paz

Na audiência geral desta quarta-feira (23), o Papa Francisco falou da sua tristeza sobre o agravamento da situação na Ucrânia e convidou a todos a fazerem, no próximo dia 2 de março, Quarta-feira de Cinzas, um dia de jejum pela paz, invocando a Rainha da Paz para que preserve o mundo da loucura da guerra.

As paróquias da Diocese de Leopoldina, presentes em 34 municípios no sudeste das Minas Gerais, acolhem o pedido do Santo Padre, em oração pelo fim dessa angústia e sofrimento.

Em Leopoldina (MG), os fiéis estarão reunidos nesta quarta-feira (02), às 20h, para “Um momento pela Paz”, rezando o terço diante do monumento de Nossa Senhora da Paz. O bispo diocesano, dom Edson Oriolo, confirmou presença, logo após a Santa Missa da Quarta-feira de Cinzas, na Catedral de São Sebastião.

O monumento de Nossa Senhora da Paz fica localizado ao lado da catedral, onde existiu antiga Igreja Matriz de São Sebastião. Foi erguido em 1946, por iniciativa de Dom Delfim Ribeiro Guedes, primeiro bispo da Diocese de Leopoldina, em agradecimento pelo término da Segunda Guerra Mundial, que durou de 1939 a 1945.

Além de ser um espaço de visitações dos devotos da Rainha da Paz em Leopoldina, a praça onde está situado o monumento é também um local de orações, sendo realizadas paraliturgias pela Paróquia de São Sebastião, responsável pela catedral.

QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Dom Edson Oriolo preside celebrações eucarísticas na Quarta-feira de Cinzas, às 7h, na Igreja Matriz Senhor Bom Jesus de Argirita (MG); À noite, estará na Catedral de São Sebastião, presidindo a Santa Missa das 19h, em Leopoldina (MG).

A data marca o primeiro dia da Quaresma, que são os 40 dias de preparativos para a celebração da ressurreição de Jesus Cristo, a Páscoa. De acordo com a tradição, o celebrante utiliza cinzas úmidas com água benta para sinalizar uma cruz na fronte de cada fiel, proferindo a frase “Convertei-vos e crede no Evangelho”.

Missas de Cinzas marcam o início da Quaresma

Missas de Cinzas marcam o início da Quaresma

A CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil realiza, anualmente, no período da Quaresma, a Campanha da Fraternidade, refletindo sobre temas que identificam problemas da sociedade, promovendo reflexões transformadoras à luz da Palavra de Deus. Neste ano, a campanha tem como tema “Fraternidade e Educação” e o lema “Fala com sabedoria, ensina com Amor (Pr 31,26)”.

Na Diocese de Leopoldina, algumas pastorais já promoveram encontros de formação sobre a Campanha da Fraternidade, preparando os sacerdotes e lideranças para o diálogo e discussão do tema em toda área episcopal.

Fonte: Diocese de Leopoldina

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »