02/03/2022 às 20h18min - Atualizada em 02/03/2022 às 20h18min

Câmara sugere que escolas municipais ofereçam profissionais de apoio para crianças especiais

Vereadores consideram que a presença de profissionais de apoio em sala de aula é fundamental para atendimento às necessidades especiais dos estudantes.

Com o objetivo de promover igualdade de oportunidades às crianças com necessidades especiais, a Câmara Municipal de Leopoldina aprovou por unanimidade proposição que sugeriu ao Prefeito Municipal a oferta de um cuidador na escola para tais alunos. A matéria foi discutida e votada na reunião ordinária realizada no dia 21 de fevereiro de 2022.

De autoria dos vereadores José do Carmo Fófano e Rodrigo Pimentel, a Indicação nº 47/2022 foi encaminhada ao Poder Executivo, com cópia para a Secretaria Municipal de Educação. No texto da matéria, os autores solicitam que a Rede Municipal de Educação disponibilize um acompanhante em sala de aula para orientar as crianças com necessidades especiais.

Ao justificarem a proposta, os parlamentares explicaram que tal solicitação está amparada na Lei Brasileira de Inclusão, também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência, Lei 13.146/2015, que entrou em vigor em 2016. Segundo eles, a presença de profissionais de apoio em sala de aula é fundamental para promoção de acessibilidade e para atendimento às necessidades especificas dos estudantes.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »