05/04/2022 às 20h44min - Atualizada em 05/04/2022 às 20h44min

Carteira de identificação para pessoas com autismo pode ser emitida na UAI Leopoldina

O objetivo é garantir o usufruto dos direitos de acesso aos serviços e prioridade de atendimento.

Panorâmica interna da UAI Compartilha de Leopoldina
A Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea) pode ser emitida com atendimento presencial na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) em Leopoldina.

O documento contém informações específicas e qualificadas da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, bem como contatos do responsável a ser acionado em caso de emergência. O objetivo é garantir o usufruto dos direitos de acesso aos serviços e prioridade de atendimento.
 
Em Minas, a Ciptea é resultado de um trabalho conjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e da Seplag, que ouviu associações, conselhos, representantes da sociedade civil e futuros usuários para percepção e implantação assertiva do serviço.
 
Confira os documentos necessários para o requerimento:

I – relatório de médico com registro no Conselho Regional de Medicina apontando diagnóstico no âmbito do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e indicando o código da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID);
II – cópia da Carteira de Identidade do identificado com TEA;
III – fotografia 3x4 recente do identificado, demonstrando área do rosto;
IV – cópia da Carteira de Identidade do responsável legal ou do cuidador,  quando houver;
V – comprovante de endereço do identificado.

 A UAI funciona na Rua Barão de Cotegipe, n° 10, no Centro, de 8h às 17h.
 
Com informações da Prefeitura de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »