30/04/2022 às 08h35min - Atualizada em 30/04/2022 às 08h35min

17 de maio é o Dia do Imigrante em Leopoldina

Entre os dias 17 e 22 de maio de 2022, acontecerão diversas atividades em Leopoldina, homenageando os imigrantes italianos.

Concentração para a caminhada na Igrejinha da Onça (Foto João Gabriel Baía Meneghite)
Desde 1998, quando Luja Machado e Nilza Cantoni começaram a publicar suas pesquisas sobre os descendentes de imigrantes que viveram na Boa Sorte e na Constança, observou-se um interesse crescente dos leopoldinenses a respeito do assunto.
 
Em 2010, a comunidade organizou um grande evento para comemorar o Centenário da Colônia Agrícola da Constança. Em dois dias de festejos na sede social da Colônia, a capela carinhosamente conhecida como Igrejinha da Onça recebeu não só os descendentes que vivem em Leopoldina como pessoas vindas de municípios vizinhos, ligados ou não a imigrantes.
 
Dez anos depois, com a pesquisa em outro patamar e os interessados multiplicados, novas ideias surgiram na cidade no sentido de se valorizar o tema “imigração” dando a devida importância aos descendentes e preservando o pouco que ainda resta dos primeiros estrangeiros que chegaram ao município.
 
Assim surgiu a ideia de uma data para o calendário de eventos da cidade que não atropelasse outras comemorações já instituídas. Uma data para realizar o ENCONTRO DE DESCENDENTES DOS IMIGRANTES DE LEOPOLDINA. Um momento para lembrar os antepassados de mais de quarenta por cento da população de Leopoldina. E pensando nela foi proposto o dia 17 de Maio.
 
MAIO, por ser um período de temperatura mais amena e agradável, oferecendo mais conforto para reuniões e atos religiosos ou ecumênicos; desfiles e apresentações dos alunos das escolas da cidade e dos distritos; caminhadas; cavalgadas; apresentações dos colecionadores de veículos antigos e dos bonitos carros de bois; partidas de futebol ou malha; comidas típicas e o bom vinho do cardápio italiano.
 
O dia DEZESSETE, porque foi a 17 de maio de 1882 que o presidente da província recebeu o comunicado de que 203 colonos estrangeiros haviam sido introduzidos em Minas Gerais, 9 (nove) deles, em Leopoldina. Desembarcados do vapor Patagônia no Porto do Rio de Janeiro, aqueles foram os primeiros imigrantes agricultores, inaugurando uma fase que se estenderia até a primeira década do século seguinte e foi muito importante para desenvolvimento de Leopoldina.
 
Entre os dias 17 e 22 de maio de 2022, acontecerão diversas atividades em Leopoldina, homenageando os imigrantes italianos. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »